Page Nav

HIDE

Especialista: “A máscara deixou sequelas graves na mentalidade”

  Durante uma entrevista à emissora portuguesa SIC Notícias , o pneumologista Agostinho Marques defendeu que o uso de máscaras em Portugal  ...

 

Durante uma entrevista à emissora portuguesa SIC Notícias, o pneumologista Agostinho Marques defendeu que o uso de máscaras em Portugal deve começar a ser retirado imediatamente. Para justificar seu ponto de vista, o especialista apontou que o item “deixou sequelas graves na mentalidade das pessoas”.

– A máscara deixou sequelas graves na mentalidade das pessoas. Nesta altura, nós vamos a qualquer lado na rua e as pessoas andam de máscara mesmo sozinhas na rua. Portanto, isto tornou-se um medo tal à doença que é preciso um esforço ativo, semelhante ao que houve para instalar a máscara, para desinstalá-la – defendeu.

Agostinho também chamou as aplicações atuais do uso de máscara, principalmente em Portugal, de uma “barbaridade nas relações sociais em que vivemos” e disse ser importante “que não nos habituemos a este apetrecho”. O especialista destacou que, porém, se deve manter o uso, mas apenas em situações excepcionais.

– A solicitação a fazer é retirá-la [a máscara] da rua e mantê-la nos lugares onde sempre foi mantida, que são os serviços de saúde, eu uso essa máscara desde sempre nas condições de trabalho onde trabalho, e aí é preciso mantê-la (…). [Mas] na generalidade das situações [a recomendação deve ser] deixar as pessoas sem máscara – completou.

Por: Pleno.News