Page Nav

HIDE

“Vou te matar, vou te matar!” disse homem antes de esfaquear mulheres e matar criança

  “Vou te matar, vou te matar!” disse homem antes de esfaquear mulheres e matar criança De acordo a PCDF, o casal passava por um momento con...

 

“Vou te matar, vou te matar!” disse homem antes de esfaquear mulheres e matar criança

De acordo a PCDF, o casal passava por um momento conturbado e o assassino suspeitava de traição por parte da companheira.
Tereza Neuberger
O que parecia um filme de terror na vida real foi explicado pelo delegado-adjunto da 26ª DP em Samambaia Norte, Rodrigo Carbone, em coletiva dada nesta segunda-feira (7). Ele é o responsável, junto com a sua equipe a elucidar o crime bárbaro cometido por Adenilson Santos Costa na noite de sábado (5), na QR 409, na região administrativa em que fica a Delegacia que investiga o caso.
Em seguida a PMDF foi acionada e ao chegar no local solicitou socorro para as vítimas. Adenilson foi preso em flagrante.

Na delegacia, o réu confesso garantiu nunca ter agredido a companheira Eudicilene, fisicamente, mas assume que já a agrediu verbalmente.
Para se justificar do crime cometido, Adenilson culpou a ingestão de três litros de Cortesano e uma dose de Pinga 88, que teriam sido usadas como combustível para aumentar a raiva e a “coragem” de Adenilson para cometer a atrocidade.

De acordo com o delegado adjunto da 26ª DP em Samambaia Norte, Rodrigo Carbone, o crime foi motivado por ciúmes. 
Adenilson disse em depoimento que não tinha acesso ao celular da companheira e acreditava que ela estava o traindo. 
Ele afirmou que ao confrontá-la, Eudicilene disse que “agora iria ficar com outros caras.”

Fonte: Jornal de Brasília