Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Publicidade abaixo de destaque

Médico que ficou em coma por mais de um mês devido à Covid-19 volta a atender: “Não acredito que estou vivo”

Na manhã dessa quarta-feira (16) circulou nas redes uma notícia esperançosa. Um jovem médico voltou a atender depois de ficar acamado por ma...







Na manhã dessa quarta-feira (16) circulou nas redes uma notícia esperançosa. Um jovem médico voltou a atender depois de ficar acamado por mais de um mês.  O médico Cláudio Sérgio Martins Junior, de 32 anos, teve 80% do seu pulmão comprometido e teve que retirar 45 cm de seu intestino devido às complicações da Covid-19.

No total, foram 59 dias internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 30 dias em coma induzido. Claudio é morador de São Vicente, no litoral paulista. “Quando eu saí [do coma] e me dei conta do que tinha acontecido, pensei: ‘não acredito que estou vivo’’’

A internação ocorreu em agosto e internamento fez Cláudio questionar a si mesmo porque algo como isso teria acontecido com ele: “Não imaginava que pudesse ter sido tão grave, até porque eu não tinha acompanhado, próximo a mim, nenhum caso de paciente jovem que chegou a um estado tão crítico”, afirmou o médico. Cláudio disse em entrevista que pensou que não voltaria a melhorar. Ele teve medo de morrer.

Porém, após ter recebido alta do hospital e estar 100% recuperado, o jovem médico decidiu voltar às linhas de frente do combate à pandemia. “Atender é voltar um pedacinho da vida que a doença tentou me roubar”, afirmou Cláudio em entrevista.

Por Acontece na Bahia.

Um comentário

  1. Q bom Qdo o médico voltou, Glória a Deus. DEUS O abençoe grandemente. Uma bênção

    ResponderExcluir

Publicidade rodapé