Page Nav

HIDE

Policial interrompe o próprio casamento para seguir bandidos

  Bandidos invadiram o condomínio onde estava sendo realizada a cerimônia O policial militar Rodrigo Prujansky, de 40 anos, interrompeu o pr...

 



Bandidos invadiram o condomínio onde estava sendo realizada a cerimônia

O policial militar Rodrigo Prujansky, de 40 anos, interrompeu o próprio casamento após ouvir barulhos de tiros próximo ao local onde ocorria a cerimônia, um condomínio na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, no último sábado (26).

Em um vídeo que circula nas redes sociais, é possível ouvir o primeiro disparo no momento em que a noiva lia os votos para o noivo. Logo depois, ouviu-se mais dois tiros; e, na sequência, inúmeros disparos. Rodrigo Prujansky, que estava armado, imediatamente correu em direção à saída do salão enquanto os convidados, assustados, se abaixaram buscando proteção.

– Fomos surpreendidos com uma troca de tiros. Como estava muito próximo, decidimos verificar a situação. A gente age como cão pastor, a gente é treinado para proteger o rebanho. Então, na hora, a gente se agrupou no automático, e encontramos um policial do Choque que passou a orientação e começamos a seguir pelo condomínio – disse o PM, que contou com o reforço de pelo menos 30 amigos policiais que estavam na cerimônia.

Márcio Martins, fotógrafo que trabalhou na festa do casamento, também relatou o momento em que começou a confusão.

– Já estava rolando a cerimônia, então, quase no final, na hora dos votos, ela [a noiva] começou a falar os votos e de repente a gente ouviu uma batida. Eu identifiquei logo que era uma batida de carro. Em seguida, um primeiro disparo. Em 30 segundos, mais dois disparos. E depois, uma chuva de disparos. Foi aí que o noivo e os demais convidados começaram com aquele alvoroço todo. Os policiais militares já partiram para a ação – explicou.

O contexto do tiroteio era o sequestro de um empresário. Os sequestradores estavam sendo perseguidos pela PM e resolveram se esconder no condomínio onde ocorria o casamento. Um bandido foi morto durante a troca de tiros e dois foram presos. A vítima do sequestro conseguiu escapar sem ferimentos.

A cerimônia foi retomada cerca de 30 minutos após a ocorrência. Em seu perfil no Instagram, após muita repercussão, Rodrigo Prujansky agradeceu a preocupação de todos e disse que tudo terminou bem. Ele ainda exaltou o fato de que estava preparado na hora do infortúnio.

– Estamos bem! Muito obrigado! […] Precisamos estar treinados, sejamos policiais ou não! A prova tá aí! Estar preparado e treinado é fundamental! – declarou o policial.

Por:Pleno.News