Page Nav

HIDE

Jornal diz que Cristiano Ronaldo ameaçou deixar Copa do Mundo

  Cristiano Ronaldo teve uma grande discussão com o técnico Fernando Santos ao saber que seria reserva diante da Suíça. Segundo o veículo, o...

 

Cristiano Ronaldo teve uma grande discussão com o técnico Fernando Santos ao saber que seria reserva diante da Suíça. Segundo o veículo, o atacante, de 37 anos, chegou a ameaçar deixar a seleção na Copa do Mundo. A federação portuguesa divulgou um comunicado no qual nega a informação.

– A FPF esclarece que em momento algum o capitão da Seleção Nacional, Cristiano Ronaldo, ameaçou deixar a equipe nacional durante o estágio no Catar – diz a federação.

“Cristiano Ronaldo constrói a cada dia um historial ímpar ao serviço da equipe nacional e do País que tem de ser respeitado e que atesta o inquestionável grau de compromisso com a Seleção”, afirma a nota.

Segundo o Record, Cristiano teria dito que Fernando Santos havia cedido à opinião pública e colocado o jogador "no olho do furacão".

Cristiano Ronaldo foi reserva pela primeira vez em sua carreira na Copa do Mundo. Antes, só havia sido poupado na última rodada da fase de grupos contra o México, em 2006. Com o camisa 7 no banco, Portugal teve sua melhor atuação no Mundial e goleou a Suíça por 6 a 1, com três gols do substituto do atacante, Gonçalo Ramos.

Portugal volta a campo no próximo sábado, quando enfrenta Marrocos, pelas quartas de final da Copa do Mundo, às 12h (de Brasília), no Al Thumama. Quem avançar para a semifinal pega o vencedor de França x Inglaterra.

Veja a nota da Federação portuguesa:

Uma notícia divulgada esta quinta-feira dá conta que Cristiano Ronaldo ameaçou deixar a Seleção durante uma conversa com Fernando Santos, selecionador nacional.

A FPF esclarece que em momento algum o capitão da Seleção Nacional, Cristiano Ronaldo, ameaçou deixar a equipe nacional durante o estágio no Catar.

Cristiano Ronaldo constrói a cada dia um historial ímpar ao serviço da equipe nacional e do País que tem de ser respeitado e que atesta o inquestionável grau de compromisso com a Seleção.

Aliás, o grau de entrega do jogador mais vezes internacional por Portugal ficou novamente demonstrado - se necessário fosse - na vitória frente à Suíça, nas oitavas de final do Mundial 2022.

A Seleção Nacional - jogadores, treinadores e estrutura FPF - encontra-se, como desde o primeiro dia, totalmente empenhada e entusiasmada na construção daquela que o País deseja que seja a melhor participação de sempre de Portugal num Campeonato do Mundo.

*GE