Page Nav

HIDE

Caixa do Assaí se urina após ser impedida de ir ao banheiro; vídeo

  Uma funcionária de 69 anos do supermercado Assaí Atacadista se urinou durante o seu trabalho no caixa após ter ignorados os seus pedidos p...

 

Uma funcionária de 69 anos do supermercado Assaí Atacadista se urinou durante o seu trabalho no caixa após ter ignorados os seus pedidos por uma rendição para ir ao banheiro. O caso ocorreu na Tijuca, Zona Norte do Rio de Janeiro

O momento foi registrado em vídeo por uma cliente, a pedido da caixa, que queria provas para fazer uma denúncia

– O que que aconteceu? Que o xixi saiu todinho. Estou desde às 9h pedindo para ir o banheiro. Me “mijei” todinha, pode olhar. Filma aqui. Pode filmar aqui o chão, para ver – declarou a idosa, ao ser abordada por um fiscal do supermercado.

A funcionária afirma que havia ido ao banheiro às 6h30 da manhã, antes de iniciar o expediente. Por volta das 9h, ela pediu para ser substituída brevemente a fim de ir ao banheiro. Meia hora depois ela teria insistido na solicitação, mas também foi instruída a esperar.

– Lá estou eu, já são 9h30, 20 pras 10h. Eu chamo mais uma vez, veio mais um outro fiscal e fala a mesma coisa: “Tem que aguardar”. Lá fiquei eu. Quando foi 10h, não teve mais como segurar. Eu simplesmente me urinei todinha no caixa. Passando a compra do cliente – pontuou.

A trabalhadora classificou o caso como uma “humilhação”.

– A pessoa não ter o direito de fazer uma necessidade básica do corpo? Eu adoro o que eu faço. Eu amo o meu trabalho. Mas o que tá acontecendo lá é que tá tendo uma pressão muito grande – acrescentou.

O Assaí emitiu uma nota afirmando que todas as suas unidades possuem escala para que fiscais se revezem com colaboradores a fim de que os funcionários tenham pausas no expediente. A empresa disse ainda que qualquer desrespeito é analisado e corrigido de imediato.

O caso está sendo investigado pelo Sindicato dos Comerciários. Segundo o presidente da organização, Márcio Ayer, essa não é a primeira denúncia nesse sentido.

– A gente recebe muitas denúncias, de outros supermercados também, de práticas como essa, de dificuldade das trabalhadoras operadoras de caixa, de, quando necessitam usar o banheiro, esperarem muito pra terem a rendição pra poder ir ao banheiro – explicou Ayer.

Por: Pleno.News