Page Nav

HIDE

Moraes determina remoção de mais fake news de Janones sobre Bolsonaro

A defesa de Bolsonaro alegou que a vinculação feita por Janones é ‘estratégia de indução de efeitos psicológicos negativos’ sobre Bolsonaro ...


A defesa de Bolsonaro alegou que a vinculação feita por Janones é ‘estratégia de indução de efeitos psicológicos negativos’ sobre Bolsonaro

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, determinou que as postagens do deputado federal André Janones (Avante-MG) que relacionaram Bolsonaro ao ex-parlamentar Roberto Jefferson, preso ontem após lançar granadas e tiros contra policiais, sejam removidas.

Moraes acatou o pedido da defesa de Bolsonaro, que afirmou que as publicações de Janones eram irreais e descontextualizadas. 

“O conteúdo veiculado nas postagens realizadas pelo representado, em 23/10/2022, se descolam da realidade, por meio de inverdades e suposições, fazendo uso de recortes e encadeamentos inexistentes, com o intuito de induzir o eleitorado negativamente, a crer que Roberto Jefferson seria o coordenador de campanha de Jair Messias Bolsonaro e que o candidato teria manifestado apoio aos atos criminosos cometidos na data de hoje”, escreveu o ministro

Na representação levada ao TSE, a defesa da campanha de Bolsonaro alegou ainda que a vinculação feita por Janones “não passa de uma lastimável estratégia de indução de efeitos psicológicos negativos sobre o candidato à reeleição (Bolsonaro)”. 

Em sua decisão, Moraes também determinou que Janones se abstenha de publicar novos posts com esses conteúdos sob risco de multa de R$ 100 mil.

O Globo