Page Nav

HIDE

Simaria fala sobre Simome: “Não morreremos como duplinha”

  O  Domingo Espetacular  exibiu, neste domingo (19), a última entrevista de Simaria antes da cantora confirmar afastamento dos palcos. Simo...

 

Domingo Espetacular exibiu, neste domingo (19), a última entrevista de Simaria antes da cantora confirmar afastamento dos palcos. Simone e Simaria anunciaram, na última semana, o encerramento da parceria artística por tempo indeterminado.

A conversa ocorreu no mesmo dia em que Simaria celebrou os seus 40 anos. Durante a entrevista, ela relembrou a morte do seu pai e abriu o jogo sobre a relação com a irmã.

– É sangue, é eterno. Não tem como mudar isso. Às vezes, ficam me controlando. Mas eu com 40 anos não vou mais me calar. A gente venceu juntas, mas não significa que, porque vencemos juntas, temos que morrer como duplinha. Toda hora alguém tenta quebrar essa irmandade. Mantendo respeito, irmandade, não tem como quebrar isso – disse ela.

Outro trecho da entrevista que merece ser destacado foi quando Simaria falou sobre o pai, que faleceu de infarto cinco dias antes dela completar 10 anos.

– Para mim, perder meu pai foi uma das dores mais terríveis da minha vida. Comecei a sustentar a família aos 14, minha mãe fazia um documento e eu ia cantar na estrada. Sempre fui uma mulher à frente do meu tempo – acrescentou.

Simaria canta profissionalmente desde os 14 anos, quando passou a integrar a banda de Frank Aguiar. Dois anos depois, Simone também entrou para o grupo do cantor de forró.

– Hoje, meu pai diria: “Minha filha, não permita que ninguém invada seu coração, seus princípios e as coisas que você acredita, sabe por quê? Porque esse lugar é inviolável, e ninguém pode tocar” – contou, emocionada.

Na última quinta-feira (16), Simone se apresentou sozinha, pela primeira vez desde a pausa da dupla sertaneja, num show em Paty do Alferes, no Rio de Janeiro. Na ocasião, ela prestou uma homenagem à irmã e cantou parabéns para Simaria, diante da plateia.

Por: Pleno.News