Page Nav

HIDE

Fake da Folha de SP sobre rainha repercute na imprensa britânica

  Jornal britânico destacou notícia publicada de forma errônea pelo veículo brasileiro A notícia publicada no jornal  Folha de São Paulo na ...




 Jornal britânico destacou notícia publicada de forma errônea pelo veículo brasileiro

A notícia publicada no jornal  Folha de São Paulo na manhã de segunda-feira (11), em que foi anunciada de forma errônea a morte da rainha Elizabeth II , repercutiu até no  Reino Unido, terra natal da monarca. Em uma matéria veiculada pelo jornal britânico The Guardian, a publicação destacou que o diário brasileiro foi ridicularizado após noticiar a falsa morte.

Com a manchete “Totalmente errado: jornal brasileiro é ridicularizado após dizer que a rainha morreu” o The Guardian afirmou que a Folha foi forçada “a uma retratação mortificante depois de anunciar inadvertidamente a morte da rainha Elizabeth” e destacou que o jornal teria atribuído a falsa notícia a um “erro técnico”.

O veículo britânico ressaltou que, apesar da explicação, os leitores não perdoaram a Folha, que acabou sendo alvo de “uma enxurrada de ridicularização online” por causa do anúncio prematuro da morte da rainha. E ainda sobre a escolha de uma foto em que a monarca aparecia sorrindo para ilustrar o conteúdo.

Ao final, o The Guardian também ressaltou que a Folha foi alvo de muitas críticas de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL). De acordo com o jornal britânico, comentários como: “Folha, você é uma verdadeira fábrica de fake news” e “Será que o Brasil um dia voltará a ter jornalistas de verdade?” marcaram as redes sociais.

Por:Pleno.News