Page Nav

HIDE

Tiago Abravanel pergunta o que é ‘financiamento estudantil’ O FIES?

  Na manhã deste domingo (6), enquanto os outros participantes do BBB 22 dormiam, uma conversa entre Tiago Abravanel e Jessilane Alves chamo...

 

Na manhã deste domingo (6), enquanto os outros participantes do BBB 22 dormiam, uma conversa entre Tiago Abravanel e Jessilane Alves chamou a atenção de internautas. Jessilane, que é professora, contava sobre sua trajetória profissional e estudantil, bem como suas dificuldades.

Ao falar que recorreu ao financiamento estudantil para se formar na universidade, Jessi foi questionada por Tiago sobre o que é o Fies (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior).

 Velho, então eu vou fazer financiamento estudantil. Fiz o financiamento estudantil, numa faculdade particular, mas no curso que eu queria, que é biologia, né – contou a professora sobre não conseguir vagas em instituições públicas.

– O que é o financiamento estudantil? […] Já ouvi falar, mas conta – indagou o cantor.

A declaração de Abravanel foi o suficiente para render críticas ao neto de Silvio Santos nas redes sociais.

– Claro que o Tiago não sabe o que é Fies… Nunca foi pobre – afirmou um internauta.

– Tudo bem ele não precisar do Fies, mas não sabe o que é? Um dos principais programas do governo voltado pra educação. E o cara paga de politizado, conscientizado – apontou outro.

O QUE É O FIES?
O Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior é um programa do Ministério da Educação (MEC) que concede financiamento a estudantes em cursos superiores pagos. O benefício é ofertado por instituições de educação superior particulares aderentes ao programa e que tenham avaliação positiva Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).

O Fies é operacionalizado pela Caixa Econômica Federal e pelo Banco do Brasil. Todas as operações do processo seletivo, da adesão das instituições de ensino e inscrição dos estudantes à divulgação dos resultados e entrevistas, são realizadas pela internet.

Muitos estudantes encontram-se em débito com a União, por não conseguirem quitar os valores. Em 30 de dezembro

Dentre as facilidades está o parcelamento das dívidas em até 150 meses, com redução de 100% dos encargos moratórios e concessão de 12% de desconto sobre o saldo devedor para o estudante que fizer a quitação integral da dívida.

Por: Pleno.News