Page Nav

HIDE

Número de mortos após chuvas em Petrópolis chega a 35

  A Prefeitura de   Petrópolis , cidade da Região Serrana do  Rio de Janeiro , confirmou na manhã desta quarta-feira (16) que o número de mo...

 

A Prefeitura de Petrópolis, cidade da Região Serrana do Rio de Janeiro, confirmou na manhã desta quarta-feira (16) que o número de mortos após a forte tempestade que atingiu o município na tarde de terça-feira (15) subiu para 35. A administração municipal decretou estado de calamidade pública e informou que as equipes dos hospitais estão sendo reforçadas para atendimento.

Com as chuvas, a vegetação de vários morros veio abaixo, carregando pedras imensas e arrastando veículos, que ficaram empilhados com a força da correnteza. Na cidade, vias importantes foram bloqueadas pela lama densa que ficou pelas ruas, dificultando o acesso aos desabrigados.

A prefeitura estima que pelo menos 80 casas foram atingidas pela barreira que caiu no Morro da Oficina. A busca por sobreviventes em meio ao soterramento na localidade foi intensa ao longo da madrugada e contou com a ajuda de moradores e equipes dos Bombeiros, Exército e Defesa Civil.

– Estamos passando por uma situação de extrema gravidade, e direcionamos todos os esforços para garantir o socorro da população – afirmou o prefeito Rubens Bomtempo.

Agentes das secretarias de Obras, de Serviço, Segurança e Ordem Pública, Saúde, Educação, além da Comdep e CPTrans também atuam no atendimento da população e recuperação da cidade. Além disso, a Prefeitura de Petrópolis abriu todos os pontos de apoio para o acolhimento da população de área de risco.

– Essas estruturas funcionam em escolas e neste momento, há atendimentos nas localidades do Centro, São Sebastião, Vila Felipe, Alto Independência, Bingen, Dr. Thouzete e Chácara Flora. Ao todo, 184 pessoas estão recebendo suporte da prefeitura, que direcionou para as unidades profissionais da Saúde, Educação, Agentes Comunitários, além da Defesa Civil – disse a Prefeitura.

Por: Pleno.News