Page Nav

HIDE

Eduardo Costa é denunciado por estelionato pelo Ministério Público

  O cantor   Eduardo Costa   foi denunciado pelo   Ministério Público   de Minas Gerais por estelionato. A denúncia deu-se após a venda de u...

 

O cantor Eduardo Costa foi denunciado pelo Ministério Público de Minas Gerais por estelionato. A denúncia deu-se após a venda de um imóvel construído em um terreno de preservação ambiental na cidade de Capitólio, Minas Gerais.

Um casal que comprou o imóvel, localizado no balneário de Escarpas do Lago, declarou que, ao tentar registrar a propriedade, foi informado que haviam dois processos sobre ele: uma ação civil pública do Ministério Público Federal e uma ação de reintegração de posse pela casa estar construída parcialmente em uma área de preservação permanente pertencente a Furnas, dona de uma represa na região.

De 4.000 m² totais, 1.122,80 m² estão no terreno da área de proteção, de acordo com o Ministério Público Federal. No local foram construídos jardim, piscina, guarda barco, salão e varanda.

O casal alegou ainda que não sabia dos processos em questão. Já Eduardo Costa afirmou que, quando comprou a casa, tinha conhecimento de que parte dela estava em terreno ilegal, mas que notificara os novos proprietários antes da venda.

“Eu jamais daria prejuízo para qualquer pessoa, não faz parte do meu caráter fazer isso”, afirmou o artista em 2018.

À época, a mansão foi vendida por um valor entre R$ 6,5 milhões e R$ 7 milhões.

Procurada pelo F5, a assessoria de imprensa de Eduardo disse que não comentará o assunto.

Por: Mais Goiás