Câmeras flagraram suspeito de feminicídio deixando o local do crime

 

Câmeras de segurança do Condomínio Total Ville, em Santa Maria – onde Cilma da Cruz Galvão, 50 anos, foi esfaqueada e morta – flagraram o momento em que o marido dela deixou o prédio, por volta da 1h30 de domingo (3/10).

A auxiliar de limpeza foi encontrada por volta das 12h, sem vida, no apartamento onde morava com Evanildo das Neves da Hora, 37, conhecido pelos vizinhos como Baiano. O homem, principal suspeito pelo assassinato dela, segue foragido. As informações apuradas pela polícia apontam que o casal se relacionava há pouco mais de seis meses.

Veja as imagens:

Segundo informações do delegado Alexsander Traback, da 33ª Delegacia de Polícia (Santa Maria), responsável pelas apurações, testemunhas ouvidas pelos investigadores disseram que Cilma mantinha relacionamento amoroso com o ex-presidiário vindo do estado da Bahia.

Evanildo havia sido preso anteriormente por tentativa de homicídio. “Ainda segundo as testemunhas, Cilma tentava colocar fim ao relacionamento, fato não aceito por Evanildo, que cobrava o valor do aluguel de aproximadamente seis meses que o casal morou junto. Foi possível esclarecer ainda que, no dia anterior ao crime, a vítima estaria tentando viabilizar o valor pretendido por Evanildo para pagá-lo”, informou a 33ª DP.

Agora, a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) busca mais informações sobre o paradeiro de Evanildo.

Fonte: Metrópoles

Postar um comentário

0 Comentários

Páginas