Page Nav

HIDE

Breaking News:

latest

Mulher é presa por mandar matar namorado após descobrir trisal incestuoso

Uma mulher foi presa em em Canindé, no interior do Ceará, suspeita de pagar para alguém matar o companheiro após descobrir que ele mantinha ...


Uma mulher foi presa em em Canindé, no interior do Ceará, suspeita de pagar para alguém matar o companheiro após descobrir que ele mantinha um relacionamento com a própria filha e uma terceira pessoa. A prisão ocorreu nesta segunda-feira (27/9) e após descoberta do trisal incestuoso, a mulher efetuou pagamento de R$ 3 mil a duas pessoas para que o companheiro fosse morto. 

De acordo com Daniel Aragão, delegado responsável pelo caso, a mulher, Maria Aparecida Barroso, de 36 anos, namorava Jaelson Oliveira, de 39. O homem mantinha um segundo relacionamento, envolvendo a própria filha, de 20 anos, e o genro dele. Apesar da morte da filha não ter sido encomendada, ela acabou se ferindo por estar no momento do crime. Pai e filha foram baleados e seguem hospitalizados.

A Polícia Civil informou que algumas horas depois do crime, a Polícia Militar apreendeu Israel de Sousa Silva, de 20 anos, e um adolescente de 17 anos, ambos suspeitos de participar da tentativa de homicídio. Durante investigação foi apreendido um revólver, que teria supostamente sido utilizado no crime.

O delegado afirmou que o namorado da jovem descobriu o relacionamento dela e do pai e decidiu fazer parte. Algum tempo depois o jovem contou o caso para Maria, namorada do então sogro. Durante depoimento, Maria afirmou que depois de descobrir sobre os três tentou separação, mas recebia ameaças de Jaelson.

Após essa situação, Maria ofereceu o dinheiro para que o jovem contratasse os executores do crime, que ocorreu em junho deste ano. As vítimas foram baleados na porta de casa e foram socorridos na região. A delegacia segue aguardando Jaelson receber alta para ouvir o depoimento. A Polícia Civil do Ceará (PCCE) também irá investigar se o relacionamento incestuoso teve início quando a filha ainda era menor de idade. Caso o relacionamento dele com a filha seja comprovado, o homem poderá responder por estupro de vulnerável.

Por: Correio Braziliense 

Nenhum comentário