Page Nav

HIDE

Breaking News:

latest

Lívia Andrade sobre polêmicas com Pétala Barreiros: 'Estraguei um plano de vida'

  Livia Andrade se pronunciou novamente sobre as polêmicas com Pétala Barreiros, ex de seu namorado, Marcos Araújo. O assunto voltou à tona ...

 

Livia Andrade se pronunciou novamente sobre as polêmicas com Pétala Barreiros, ex de seu namorado, Marcos Araújo. O assunto voltou à tona quando a apresentadora compareceu ao exame de DNA do segundo filho do empresário.

"Eu recebo milhares de mensagens todos os dias me xingando, me ameaçando... eu não fui envolvida nessa polêmica agora, quando fui acompanhar esse exame de DNA, mas no final do ano passado, me acusando de roubar um tênis usado que nem meu número era. Depois, ela deu uma entrevista me acusando de ser pivô do final do relacionamento. Me acusou de roubar um tênis usado e ter destruído uma família, tudo isso com um bebê no colo. Precisei me defender. Hoje essa história é minha", disse ela em entrevista ao colunista Léo Dias, sem citar o nome de Pétala.

Lívia acredita que o assunto só virou polêmica porque seu nome esteve envolvido. "Só ganhou notoriedade porque me usaram. Ela me usou para aparecer. E por que eu ficaria calada? Eu sou mulher de ficar calada?", questiona.

A atriz e apresentadora também falou sobre ter ido acompanhada de seguranças ao exame. "Estou com medo do avó e da avó, da família, dessa armação, dessa maldade", disse ela, citando alguns processos que a família da ex de seu namorado enfrenta.

Lívia diz ainda que "o plano da família" era ter fama com o relacionamento de Pétala com o empresário: "Fiquei assustada porque vi que fui envolvida num plano. Eu estraguei o plano da família. Era como se eu tivesse roubado a galinha dos ovos de ouro. Sim, hoje eu corro risco. Estraguei um plano de vida de uma família".

Em seguida, ela opinou sobre a questão do exame de DNA: "Parece que a gravidez foi planejada durante um ano e não aconteceu. Depois do término da relação é que ela apareceu grávida. Uma juíza não vai pedir um exame de DNA se não tiver uma base".

Na entrevista, ela abordou a questão feminista por trás da polêmica. "Sororidade seletiva. Ninguém cita a mulher que foi traída, tinha um filho e foi perseguida lá atrás pela família. Isso ninguém comenta", diz Lívia, citando a primeira mulher de Marcos Araújo. "Eu tive uma história mentirosa contada, e que as pessoas compraram. Hoje eu sou a vilã, a amante", completa.

A artista também falou sobre não ter "cara de vítima": "Não vou me vitimizar. Estou sofrendo, cada um sofre de um jeito, e posso estar morrendo que não vou ligar uma câmera na minha cara para sensibilizar vocês".

Lívia disse ainda que sabia que acompanhar o namorado no exame faria a história voltar à tona: "Ruim para a minha imagem é alguém dar uma entrevista e tentar ennfiar na minha goela uma história que não é minha, tentar me colocar como amante e ladra de tênis usado. Isso é ruim pra mim. Quem é errado é quem tem que ter vergonha. Esse povo tem que ter vergonha, eu não".

A apresentadora contou ainda que Marcos teve outras relações, mas que o cenário mudou quando ela e Pétala se tornaram atual e ex do empresário. "Quando o Marcos terminou essa relação, outras mulheres passaram pela vida dele. Eu não peguei a babinha dessa moça, peguei babinha de outra pessoa. Eu apareci e acharam em mim uma oportunidade de ser ouvida. Ela cria uma história mentirosa pra tentar fazer que as pessoas, quer, ela conseguiu fazer com que as pessoas me atacassem. A minha presença incomodou desde o momento que entrei na vida dele. Talvez porque eu impedi uma reaproximação, porque tentaram se reaproximar", contou.

Lívia não sabe se ficará cara a cara na audiência com Pétala, que deve acontecer em outubro e nem se vai processar a ex de Marcos. "Depende. Isso nem sou eu que tenho que decidir, mas os advogados que foram contratados."

"E eu faço minha parte, que é lidar com o público. E eu fui atacada publicamente. Se fui atacada publicamente, venho me defender publicamente. Na justiça a coisa está andando, mas é importante eu falar com o público, porque as pessoas não sabem dos detalhes, não têm acesso às informações, aos documentos", ainda disse Lívia sobre se expor com relação ao assunto.

Lívia disse que, com relação ao assunto envolvendo Pétala, ela será sempre fiel a Marcos na parceria para encarar a situação. "Odeio injustiça. Odeio pessoas que usam outras pessoas. Nessa situação em que fui envolvida, pode contar comigo pra sempre, a gente estando junto ou não. Acho sim que foi uma coisa toda trabalhada, que fui envolvida em um plano, fui usada e quiseram me descartar depois de ter conseguido o objetivo, e não saí, e me viram como ameaça, 'vamos eliminá-la'. E não vai ser assim, porque eu vim da zona norte."

Ela contou ainda que não tem planos no momento de ser mãe."Hoje não. Amanhã não sei. Daqui 2 ou 3 anos, não sei, mas hoje não é da minha vontade. O mundo está muito doido. Eu me preocupo com as crianças, gosto de criança e acho que as pessoas deveriam pensar mais antes de colocar criança no mundo pra sofrer. Povo briga, um querendo matrar o outro e bota um filho no mundo pra sofrer. Acho uma tremenda irresponsabilidade! Criança a gente tem que ter ambiente de paz, de harmonia, de tranquilidade, de amor, e não de guerra."

Por; Quem Acontece

Nenhum comentário