Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Prefeito fez videochamada pedindo ‘nude’ a adolescente


A mãe de um adolescente de 15 anos denunciou o prefeito Francisco de Assis Peixoto (PSDB), da cidade de São Simão, no Sudoeste de Goiás por ter trocado mensagens de cunho íntimo com o menino. O mandatário do município, preso nesta quarta-feira por outras denúncias, chegou a pedir que o adolescente mostrasse suas partes íntimas.

Em entrevista à TV Anhanguera, a mãe do adolescente contou que o prefeito se aproximou de seu filho por mensagem no WhatsApp, se identificando como Assis. Quando a vítima perguntou se ele era o prefeito, o assediador teria confirmado.

Prints da conversa entre os dois, publicados pela reportagem, mostram o rosto do prefeito em uma videochamada com o adolescente. Em uma mensagem, o menino diz: “Vou ligar [a câmera] você mostra”, ao que Peixoto responde “E vc também”.

 

Prefeito Assis Peixoto trocou mensagens com menino de 15 anos Foto: Reprodução/TV Anhanguera

– Ele fez outra videochamada, mostrando as partes íntimas dele. Teve outra videochamada, só que meu filho foi tão inteligente que ele gravou a chamada. Falei: “meu filho, isso é caso de polícia, não está certo” – contou a mãe teve sua identidade preservada.

A mulher pediu ajuda ao Conselho Municipal de Segurança Pública. Vanessa Lima Araújo, presidente do conselho, entregou o celular do adolescente ao promotor de justiça. Araújo relatou que não se trata da primeira denúncia de abuso sexual de menores envolvendo o prefeito. Nos últimos seis dias, foram seis, de casos antigos e mais recentes.

– Aqui, eu falo que deu o efeito João de Deus. Uma pessoa teve coragem de se expor primeiro. Tenho recebido várias denúncias. As pessoas têm me procurado e tem procurado diretamente o MP também – disse a presidente do conselho.

O prefeito foi preso na tarde desta quarta-feira (28) por suspeita de envolvimento em crime contra a dignidade sexual de menores. A prisão atendeu a um pedido do Ministério Público de Goiás (MP-GO).

Postar um comentário

0 Comentários

Páginas