Page Nav

HIDE

Assistentes sociais recebem homenagem por trabalho durante a pandemia

  A equipe da Secretaria de Desenvolvimento Social foi homenageada, nesta quarta-feira (12), pelo trabalho realizado com as famílias em risc...

 A equipe da Secretaria de Desenvolvimento Social foi homenageada, nesta quarta-feira (12), pelo trabalho realizado com as famílias em risco social neste período de pandemia da covid-19. O projeto Cartas Solidárias, uma parceria da Universidade de Brasília (UnB) com o Conselho Regional de Serviço Social do DF (Cress/DF), destacou o serviço prestado pela coordenadora de Proteção Social Básica da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), Nathália Eliza de Freitas.

Assistentes sociais foram homenageadas em carta de agradecimento por prestar serviços aos mais necessitados em plena pandemia | Foto: Sedes/Divulgação

“É uma honra participar dessa campanha tão simbólica para os profissionais que trabalham tanto na pandemia”, disse a servidora pública. Ela foi escolhida para representar o trabalho de todos os assistentes sociais da Sedes e recebeu uma carta de agradecimento escrita por uma cidadã do Distrito Federal identificada como Anita Souza.

“Vocês se colocaram e se colocam em risco para prestar um serviço em prol daqueles que mais precisam, aqueles em situação de vulnerabilidade, e isso com certeza é motivo de elogios”, diz o texto. “Gostaria que essa carta lhe trouxesse um pouco de alegria ao ver que seu trabalho não passa despercebido. Eu e minha família somos gratos por cada um de vocês que lutam todos os dias para fazer o seu melhor, faça chuva ou faça sol!”, completa Anita Souza. A iniciativa já homenageou profissionais das áreas de medicina, enfermagem e de outras profissões que estão na linha de frente do combate à pandemia.

Suporte às famílias

A assistente social Flávia Aparecida Squinca, da Coordenação de Articulação de Redes para Prevenção e Promoção da Saúde (CoRedes) da UnB, ressaltou o papel dos profissionais da assistência social para o enfrentamento da pandemia. “Todo mundo trabalhou muito. Quem atua em plantão em unidades trabalhou muito, e quem está em home office também precisa atuar com grande intensidade”, afirmou. “A gente entende que o Serviço Social é muito importante para dar suporte às famílias durante a pandemia, pois há muitas pessoas em período de reabilitação e muitas também com perda de renda”, explicou a presidente do Cress/DF, Karina Aparecida Figueiredo.

Dia do Assistente Social

No próximo sábado, 15 de maio, é comemorado o Dia do Assistente Social, o profissional que colabora com a promoção do bem-estar social e garantia de direitos. Para celebrar a data, a Sedes vem realizando várias atividades ao longo desta semana, como o podcast realizado nesta quarta-feira (12). O programa contou com a mediação do jornalista Ádamo Dan, e a presença das assistentes sociais Catiane Farias, Kamylla Rodrigues e Marina Melo.

Durante o bate-papo, além da abord

em sobre o cotidiano e as perspectivas para a profissão, foram debatidas as dificuldades e orientações para as equipes das unidades socioassistenciais durante o atendimento com o cidadão.

Outras ações virtuais estão previstas para celebrar o Dia do Assistente Social. Na sexta-feira (14), haverá uma live com representantes do Conselho Regional de Serviço Social, com o tema “A importância do assistente social”, a partir das 10h, pelo Instagram da entidade.

A capacitação é voltada para todos os assistentes sociais do Distrito Federal, em especial, os servidores da Sedes e de entidades da sociedade civil, para qualificar o trabalho desses profissionais com o aumento da demanda por serviços e benefícios sociais em meio à pandemia da covid-19.

Fruto de parceria entre a Sedes e o Conselho Regional de Serviço Social, o curso será realizado nos dias 14, 21 e 28 deste mês e em 4 e 11 de junho, das 8h às 11h30.

*Com informações da Secretaria de Saúde

Nenhum comentário