Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Publicidade abaixo de destaque

Nina Frosi celebra reviravolta de Gabi após mudança no elenco de 'Salve-se'

A decisão da Globo de suspender as gravações de novelas, no ano passado, pegou muita gente de surpresa e deu um peso novo à pandemia que ain...



A decisão da Globo de suspender as gravações de novelas, no ano passado, pegou muita gente de surpresa e deu um peso novo à pandemia que ainda começava. Com o passar do tempo, no entanto, alguns artistas começaram a temer até mesmo que as tramas não fossem retomadas.

A atriz Nina Frosi, 36, que dá vida à divertida camareira Gabi em "Salve-se Quem Puder", afirma que a previsão inicial de retorno era para julho do ano passado. "Mas, com o passar do tempo, fiquei com medo de cancelarem a novela. Foi ficando sem previsão de volta", afirma ela.

A aflição da artista acabou ficando ainda maior com as notícias de baixas no elenco nos meses subsequentes. Sabrina Petraglia, que dava vida a Micaela, anunciou a gravidez do segundo filho, e o ator José Condessa, que fazia Juan, possível par de Gabi na história, deixou a novela.

"Eu não sabia o que seria de mim", afirma a atriz sobre o período anterior confirmação do retorno das gravações no segundo semestre do ano passado. A novela voltou ao ar no último dia 22, mas ainda com episódios antigos, que serão veiculados na íntegra. Os inéditos começam em maio.

Segundo Nina Frosi, sua personagem ganhará uma versão melhor do que ela imaginava após esse período de paralisação e os ajustes necessários feitos pelo autor Daniel Ortiz. "Nessa segunda temporada, meu personagem ganhará mais espaço", comemora ela.

"Antes, a Gabi queria conquistar o Juan (José Condessa), mas com a saída dele, o Daniel [Ortiz] conseguiu fazer uma reviravolta no meu papel e colocou o Felipe Simas no lugar dele", adianta a artista sobre o personagem Téo, por quem Gabi deverá se apaixonar.

A personagem é a amiga de Luna (Juliana Paiva), com quem trabalha em um resort em Cancún. Nessa retomada, ela vai descobrir que a amiga está viva, deixará o México e vai para o Brasil a procura dela, ficando em perigo. "Meu papel ficou mais dinâmico e melhor do que eu imaginava", diz.

Para tornar possível essa volta às gravações, o elenco teve que assumir uma rotina nova nos bastidores, com exames de Covid-19 semanais, câmeras vestidos com macacão especial e camarins individuais para evitar a transmissão da doença.

"Para entrar no estúdio, tínhamos de lavar a mão, passar álcool e permanecer de máscara até a hora do 'gravando'", conta. Até mesmo um fiscal foi contratado para orientar os atores e dar um 'puxão de orelha' em quem desobedecesse algum protocolo.

"Não podíamos nem conversar no corredor. Tudo era instruído pelo fiscal de trabalho, que tinha todas as regras e protocolos. Ele falava o que podia ou não fazer", relembra. "Eu diria que ele era um anjo da guarda (risos). Ninguém reclamava, ao contrário, todo mundo entendia que tudo era para o nosso bem."

Frosi afirma que, no início, foi mais difícil assimilar tudo e dava medo de "levar bronca". "Antes, todos se falavam, se cumprimentavam, e agora não podia nada. As cenas que eram mais afetivas, principalmente as cenas finais, se desse a mão tinha que pedir permissão. Para as cenas de romance tinha um escudo de acrílico. Cenas de casais mais emocionais exigiam para poder gravar sem escudo", diz.

A atriz conta que mantinha um saco plástico dentro da bolsa para usar nas mãos se necessário. Seu uso original era guardar a máscara, mas ela encontrou outras utilidades. Mas todos se adaptaram muito bem e, ao final das filmagens, o elenco deixava os estúdios com a roupa toda higienizada.

TRABALHO DUPLO NA TV E MAIS PROJETOS

Mesmo com as gravações suspensas, Nina Frosi continuou no ar nos últimos meses na reprise de "Haja Coração" (Globo, 2016). A atriz, porém, disse que se cobrava muito ao rever sua atuação. "Eu sou muito crítica. Era meu primeiro personagem maior e algumas coisas, com certeza.

Mas Frosi não é apenas críticas e aponta a reprise como bastante positiva: "Foi legal, muitas pessoas me reconhecendo. Foi uma novela gostosa de fazer. A maioria do elenco dessa trama, inclusive, está em 'Salve-se', pois o autor é o mesmo, o Daniel Ortiz", diz.

Atualmente, Frosi produz com um amigo um filme independente no qual fará a protagonista. A história, que levará o nome de "Eulália" e que tem nomes como Babi Xavier no elenco, ainda não começou a ser gravada. Mas isso deverá acontecer assim que os protocolos sanitários forem aprovados.

"É um drama de uma mulher com um casamento tóxico que resolve trabalhar em uma rede de consignado. Nessa rede, se vê diante de uma proposta de um esquema para aprovar contratos e ganhar uma grana por fora. No início ela nega, mas com passar do tempo vê que precisa do dinheiro e vai tendo de lidar com os prós e os contras dessa decisão", explica a atriz.

A ideia é iniciar as filmagens ainda no primeiro semestre. "Quando ficar pronto, queremos lançar em festivais e vender para alguma rede de streaming. Espero que dê tudo certo", torce ela.

POR FOLHAPRESS

Nenhum comentário

Publicidade rodapé