Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Publicidade abaixo de destaque

Advogado de Jairinho chama carta de Monique de “ficção”

O advogado Braz Sant’Anna, que defende o vereador Jairo Souza Santos Júnior, o Dr. Jairinho, classificou a carta de 29 páginas escrita por M...



O advogado Braz Sant’Anna, que defende o vereador Jairo Souza Santos Júnior, o Dr. Jairinho, classificou a carta de 29 páginas escrita por Monique Medeiros, mãe de Henry Borel, como “peça de ficção”. No documento, divulgado neste fim de semana pela defesa da professora, ela afirma que foi orientada por Jairinho a mentir sobre a morte do filho. Monique também relatou a rotina de violências e ameaças cometidas pelo companheiro.
– A carta da Monique é uma peça de ficção, que não encontra apoio algum nos elementos de prova carreados aos autos. Não há realidade no relato dela – disse Sant’Anna ao jornal O Globo.

Após serem presos, Monique e Jairinho decidiram ter cada um seu próprio advogado. No último dia 19, Sant’Anna assumiu a defesa do vereador, após o advogado André França deixar o caso alegando querer evitar “conflito de interesse”, uma vez que ainda seguia representando Jairinho, enquanto Monique contratou escritório de Thiago Minagé, Hugo Novais e Thaise Assad, quatro dias após sua prisão.

Ao assumir a defesa de Monique, o novo escritório solicitou que a cliente fosse ouvida novamente pelo delegado Henrique Damasceno. Eles afirmam que a professora quer fornecer novas informações e mudar a versão de seu depoimento inicial.

*O Globo.

Nenhum comentário

Publicidade rodapé