Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Publicidade abaixo de destaque

Manaus exonera sete servidores investigados por furar fila da vacina

A exoneração foi publicada no Diário Oficial do município. De acordo com o documento, todos os servidores atuam como gerente de projeto na p...




A exoneração foi publicada no Diário Oficial do município. De acordo com o documento, todos os servidores atuam como gerente de projeto na pasta. As investigações apontam que os funcionários foram nomeados nos dias em que as primeiras doses da vacina chegaram ao estado.

Desde o fim de janeiro, o Ministério Público investiga os funcionários e o prefeito de Manaus, David Almeida, que teve afastamento e prisão solicitadas pelo órgão. O pedido ainda está em análise.
Veja lista dos exonerados:
  • Alessandro Silva Pontes
  • Carla Angelina Lima Ribeiro
  • David Louis de Oliveira Dallas Dias
  • Gabriela Pereira de Aguar
  • Gabrielle Kirk Maddy Lins
  • Isabelle Kirk Maddy Lins
  • Tatiana Mota Lotti

Entre os investigados, estão as gêmeas Isabelle e Gabrielle Kirk Maddy Lins. Elas foram flagradas tomando a primeira dose do imunizante em uma Unidade Básica de Saúde.

Gabrielle e Isabelle são filhas de Gisélle Vilela Lins Maranhão, reitora da Universidade Nilton Lins, que fica ao lado da UBS Nilton Lins, onde as jovens trabalhavam. A unidade de saúde foi inaugurada no último dia 12 de janeiro — e o nome da unidade homenageia o pai das jovens.

Ambas são recém-formadas. Gabrielle se inscreveu no Conselho Regional de Medicina do Amazonas (CRM-AM) em 21 de maio do ano passado. Já Isabelle foi regularizada cerca de sete meses depois, em 22 de dezembro de 2020.

Diário Oficial de Manaus/Reproduçãoprefeitura de manaus exonera servidores covid-19
Prefeitura de Manaus exonera servidores suspeitos de furar a fila da vacina contra a Covid-19

Por Metrópoles

Nenhum comentário

Publicidade rodapé