Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Publicidade abaixo de destaque

Nesta sexta-feira (25), são 704 oportunidades, com salários que chegam a R$ 4 mil, dando espaço para pessoas de qualquer nível de escolaridade.

Empregos em alta, agências do trabalhador têm maior número de vagas do ano Com salários e até R$ 4 mil, as oportunidades contemplam 65 profi...

Empregos em alta, agências do trabalhador têm maior número de vagas do ano

Com salários e até R$ 4 mil, as oportunidades contemplam 65 profissões e variados níveis de escolaridade



Em apenas uma semana, o número de vagas oferecidas por meio das agências do trabalhador do Distrito Federal subiu 50,42%. Nesta sexta-feira (25), são 704 oportunidades, com salários que chegam a R$ 4 mil, dando espaço para pessoas de qualquer nível de escolaridade.

A profissão com maior número de vagas abertas é a de açougueiro. São 63, com salários que variam entre R$ 1.140 e R$ 1,7 mil, mais benefícios. Para concorrer, é preciso ter experiência e nível fundamental de escolaridade.

Já os melhores salários são oferecidos a sete profissionais: chefe de serviço financeiro (2), com remuneração de R$ 4 mil; contador (10), que paga R$ 3,5 mensais; técnico em eletromecânica (15), com R$ 2.539,21 mensais; engenheiro civil (1) e técnico eletrônico de manutenção industrial (35), que poderão receber R$ 2,5 mil por mês; operador de equipamento de escavadeira (2), com salário de R$ 2,1 mil; e marceneiro (4), que paga R$ 2 mil mensais.

Pessoas com algum tipo de deficiência também são procuradas pelas empresas. São 13 vagas para auxiliar administrativo. Para concorrer, é preciso ter ensino médio completo e experiência profissional. Os salários oferecidos são de R$ 1.060 e de R$ 1,5 mil, mais benefícios, dependendo do contratante.

A área de serviços ainda segue sendo uma das que mais oferta vagas. Entre elas, as 20 reservadas para bikeboy, profissional responsável por levar encomendas e documentos usando a bicicleta. Quem quiser concorrer a uma delas, não precisa ter experiência nem é exigida escolaridade.

Ainda destacam-se 12 vagas para mecânicos, seis para esteticista corporal, quatro para montador, duas para costureira e uma para cortador de roupas. Para essas áreas, precisa ter experiência e ensino fundamental. Os salários vão de R$ 1.045 a R$ 1,6 mil.

Outras vagas em oferta englobam profissões das áreas de saúde, construção civil, supermercados, alimentação e administrativo. Na lista entram servente de pedreiro (15), serralheiro (24), repositor de mercadoria (22), motorista entregador (18) e padeiro (15). As remunerações oferecidas ficam entre R$ 500 semanais e R$ 2 mil.

Quem tiver interesse em concorrer a uma das vagas, basta procurar uma das agências do trabalhador, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Em razão da pandemia de coronavírus, 15 das 18 unidades estão fazendo atendimento presencial. Estão fechadas, temporariamente, as agências do Paranoá, Guará e da Câmara Legislativa. Outra possibilidade é o aplicativo Sine Fácil que, em virtude da pandemia de Covid-19, também disponibiliza o serviço.

Empresas

Empreendedores que desejam buscar profissionais também podem utilizar os serviços das agências do trabalhador. Além do cadastro de vagas, é possível usar os espaços físicos para seleção dos candidatos encaminhados. Para isso, basta acessar o site da Secretaria do Trabalho e preencher o formulário na aba empregador.

Por AGÊNCIA BRASÍLIA |

Nenhum comentário

Publicidade rodapé