Page Nav

HIDE

Equipe de TV é agredida durante reportagem na Bahia; vídeo

  Nesta segunda-feira (16), uma equipe de jornalismo da TV Record da Bahia foi agredida. O episódio ocorreu na Avenida Orlando Gomes, no Bai...

 

Nesta segunda-feira (16), uma equipe de jornalismo da TV Record da Bahia foi agredida. O episódio ocorreu na Avenida Orlando Gomes, no Bairro da Paz, em Salvador.

Os profissionais estavam gravando uma reportagem sobre a morte de um motociclista quando dois homens foram até eles e os agrediram. As informações são do G1.

A repórter Tarsilla Alvarindo, o cinegrafista George Brito e o auxiliar Marcos Oliveira foram agredidos. Tarsilla foi agredida com um soco.

Por meio das redes sociais, a repórter publicou um vídeo sobre o caso.

– Comecei o dia bem, mirando uma semana leve, mas, infelizmente, não foi o que aconteceu. Fui agredida durante um link enquanto noticiava um acidente. Inicialmente, um familiar me perguntou e pediu que não filmasse ninguém. Respeitei o momento, conversei com ele e expliquei que não mostraria de perto. Entramos de longe, falei que tinha acontecido um acidente e que uma pessoa foi a óbito, um homem apenas. Não dei nome, não mostrei rosto de ninguém e, quando já tinha terminado, estava por sair do local, dois homens abordaram nossa equipe e um deles me deu um soco no rosto – relatou.

Uma ocorrência foi registrada na 12ª delegacia de Itapuã.

Em nota, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia repudiou o ocorrido.

A Record também se manifestou, condenando o episódio. Segundo a emissora, “para haver jornalismo sério e comprometido é preciso ter a imprensa respeitada no seu direito de informar e prestar serviço à população.”