Page Nav

HIDE

PDT declara apoio a Lula no 2º turno, e Ciro Gomes concorda

O PDT anunciou nesta terça-feira (4), que vai apoiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT)no segundo turno. Ciro Gomes (PDT), que f...


O PDT anunciou nesta terça-feira (4), que vai apoiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT)no segundo turno. Ciro Gomes (PDT), que ficou em quarto no primeiro turno e pautou sua campanha em críticas ao petista, seguiu a decisão da legenda, que foi unânime. A informação foi confirmada pelo presidente da legenda, Carlos Lupi, em coletiva de imprensa nesta tarde.

A decisão do PDT foi tomada após uma reunião da Executiva Nacional, que foi realizada de forma semipresencial, com uma parcela do partido na sede nacional da sigla, em Brasília, e outra parte participando por videoconferência. Ciro foi um dos que não esteve na capital federal.

Desde 2018, Ciro tem escalado nas críticas ao PT e Lula, de quem já foi ministro da Integração Nacional. Em diversas entrevistas e eventos, o pedetista chamava o petista de “enganador de serpentes”, além de chamar o pedido de voto útil promovido pelo adversário de “campanha fascista”.

Ciro também concorreu à Presidência em 1998, 2002 e 2018. Na campanha de 2022, ele teve seu desempenho pior e perdeu até no Ceará, sua base e onde sempre liderava os votos nas eleições presidenciais anteriores. A disputa deste ano também encerrou a hegemonia do grupo de Ciro no governo cearense e, pela primeira vez em 16 anos, o candidato apoiado por ele perdeu. Roberto Cláudio (PDT) ficou em terceiro lugar para governador, atrás de Capitão Wagner (União Brasil) e de Elmano de Freitas (PT), que comandará o estado a partir de 2023.

*Com informações da AE