Page Nav

HIDE

Carlinhos Maia: Justiça decide liberar um dos presos pelo furto

  A Justiça de Alagoas decidiu conceder liberdade a um dos três presos pelo furto ao apartamento do influenciador   Carlinhos Maia   que aco...

 

A Justiça de Alagoas decidiu conceder liberdade a um dos três presos pelo furto ao apartamento do influenciador Carlinhos Maia que aconteceu no fim do mês de maio. A decisão ocorreu durante a audiência de custódia realizada nesta quarta-feira (8), em Maceió, Alagoas. Os outros dois homens seguirão detidos por determinação judicial.

Dos três homens detidos, Emerson de Holanda Lira é quem responderá o processo em liberdade, enquanto Wellington Medeiros da Silva Moraes e Eliabio Custódio Nepomuceno continuarão presos. O trio foi capturado na última segunda (6), em Campina Grande, na Paraíba. Segundo a Polícia Civil, os três são paraibanos e já tinham sido presos antes por crimes patrimoniais.

Ao portal G1, os advogados dos homens que seguirão presos afirmaram que vão recorrer das prisões e alegam falta de provas que liguem seus clientes ao furto no apartamento de Carlinhos Maia. No momento das prisões, a polícia apreendeu ferramentas, celulares, luvas, lanterna e uma escada retrátil que teriam sido utilizadas no crime. Entretanto, os itens furtados não foram encontrados.

Os agentes também apreenderam um carro que, segundo as investigações, foi filmado por câmeras de segurança rondando o prédio de Carlinhos Maia na noite do furto. De acordo com a Polícia Civil, o veículo pertenceria a Emerson Lira.

– Nós temos a certeza de que esse carro tem envolvimento direto com a ação criminosa. Dentro dele, nós apreendemos um par de luvas, que também está diretamente direcionado ao furto. Apreendemos também a lanterna utilizada pelos criminosos – disse o delegado Lucimério Campos.

O furto realizado no imóvel de Carlinhos Maia aconteceu no dia 29 de maio, quando ele e o companheiro, Lucas Guimarães, não estavam em casa. Carlinhos estava em Aracaju para realizar uma lipoaspiração e Lucas em Cancún, a trabalho. Depois do ocorrido, Carlinhos foi morar na casa dos pais. O prejuízo estimado com o furto de joias e relógios do influenciador seria de R$ 5 milhões.