Page Nav

HIDE

Podemos estima ‘prejuízo’ de R$ 3 milhões com ‘traição’ de Moro

  Nesta quinta-feira (31), o ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, abandou o Podemos e se filiou ao União Brasil. De acordo com o jornal O Gl...

 

Nesta quinta-feira (31), o ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, abandou o Podemos e se filiou ao União Brasil. De acordo com o jornal O Globo, integrantes do Podemos estimam que a “traição” gerou um prejuízo milionário ao partido.

De acordo com os cálculos da sigla, o Podemos desembolsou ao todo cerca de R$ 3 milhões com a pré-candidatura de Moro à Presidência. Entre os valores estão o salário mensal de R$ 22 mil pagos ao ex-juiz, gastos com seguranças, transportes e mais.

Além disso, continuou o jornal, o partido ainda perdeu alguns integrantes que não gostaram de estar no mesmo partido em que estava o ex-ministro da Justiça.

Os cálculos do Podemos apontam alguns dos valores “gastos” com Sergio Moro:

Salário – R$ 88 mil (R$ 22 mil por mês);
Evento de filiação – R$ 210 mil;
Segurança privada – R$248mil;
Passagens e hospedagem – R$ 110 mil;
Pesquisas de intenção de votos: R$ 600 mil;
Equipe jurídica: R$ 60 mil;
Fotografia – R$ 70 mil.

Após a saída de Moro, o Podemos disse que ficou sabendo da decisão do ex-ministro por meio da imprensa. Já Sergio Moro fez um pronunciamento público nesta sexta-feira (1º) e defendeu a unificação das candidaturas da terceira via.

Por: Pleno.News