Page Nav

HIDE

PSG confirma quatro casos de Covid-19 no elenco, incluindo Messi, que fica na Argentina

  O PSG anunciou neste domingo que quatro atletas do elenco profissional testaram positivo para a Covid-19, incluindo o astro Lionel Messi. ...

 

O PSG anunciou neste domingo que quatro atletas do elenco profissional testaram positivo para a Covid-19, incluindo o astro Lionel Messi. Em comunicado, o clube indicou que o craque argentino está infectado, assim como Bernat, Rico e Bitumazala. Todos já iniciaram o isolamento logo após o recesso de fim de ano, quando realizaram os exames.

Messi segue na Argentina, para onde viajou para passar as festas ao lado de familiares. Ao testar positivo, ele ficou impedido de embarcar de volta à França até a sua recuperação - por isso, sua ausência no mesmo voo que levou Paredes e Di María de volta à Europa chamou a atenção.

No último sábado, Messi fez uma postagem sobre a despedida de 2021, agradecendo pelo ano, mas citando justamente o novo coronavírus.

- Só posso agradecer por tudo que me coube viver em 2021, ainda mais quando muita gente passou realmente mal por culpa deste vírus de m*** que nunca acaba - escreveu.

O técnico Mauricio Pochettino concedeu entrevista coletiva neste domingo, na véspera do duelo contra o Vannes, pela Copa da França, e comentou os problemas relacionados a um novo surto de Covid-19 que vem atingindo diversos clubes do futebol europeu desde o mês de dezembro.

- Estamos tentando tomar todas as medidas necessárias para evitar problemas, mas estamos convivendo com esse vírus há dois anos, não sabemos tudo como vai, nem como vai a transmissão, temos que ter certeza de ser o mais cuidadoso possível, você deve tomar todas as precauções possíveis para continuar jogando e proteger a todos - disse Pochettino.

No mesmo comunicado médico em que anunciou os casos positivos de Covid no elenco, o PSG atualizou a situação de Neymar, que está no Brasil após as festas de fim de ano. Ele seguirá no país por mais uma semana, até o dia 9, com recuperação acompanhada pelo Paris. Ele tem previsão de retorno aos treinos em três semanas, de acordo com o clube.