Page Nav

HIDE

Vereador arranca placas de banheiro trans em local mantido pela prefeitura

  O vereador, por Fortaleza, inspetor Alberto (PROS-CE) virou assunto nas redes sociais recentemente, após aparecer em um vídeo retirando pl...

 

O vereador, por Fortaleza, inspetor Alberto (PROS-CE) virou assunto nas redes sociais recentemente, após aparecer em um vídeo retirando placas de sinalização que indicavam a permissão para uso dos banheiros por parte de pessoas trans e não-binárias. A sinalização estava em uma das unidades da Rede Cuca, centro mantido pela Prefeitura de Fortaleza e que promove projetos de cultura, lazer, esporte e também oferece cursos profissionalizantes para jovens.

O vereador fez um alerta:

– Fiscalizei o Cuca, do bairro José Walter. Encontrei placas nas portas dos banheiros que orientavam qualquer pessoa [a] entrar. Homens nos banheiros das meninas, e meninas nos banheiros dos homens. Posso afirmar: nossas crianças estão em perigo – disse.

Nas imagens, o parlamentar retira as placas e afirma que não foi aprovada nenhuma lei municipal permitindo a colocação das sinalizações.

– Banheiro para homem é banheiro para homem. Banheiro para mulher é banheiro para mulher. Eu vim exatamente fiscalizar… Se tivesse lei para permitir isso aqui, era para estar a lei aqui aprovada por nós, na Câmara Municipal – disse o vereador.

O inspetor Alberto também quis saber a origem da verba que financiou a confecção das placas personalizadas e registrou um boletim de ocorrência. Nos autos, o vereador citou o artigo 232 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) por “submeter criança ou adolescente sob sua autoridade, guarda ou vigilância a vexame ou a constrangimento”.

Em suas redes sociais, a Rede Cuca repudiou a ação do vereador. A nota diz que a atitude “não será tolerada” e que “as devidas providências serão tomadas”.

Por: Pleno.News