Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Jair Bolsonaro nega demissão de Queiroga e critica a imprensa

 

O presidente Jair Bolsonaro desmentiu, nesta quinta-feira (2), que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, tenha pedido demissão do governo. Em transmissão ao vivo pelas redes sociais, ele criticou a imprensa e disse que a intenção é tentar “desestabilizar o governo”.

O nome do ministro se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter nesta tarde, após um site sustentar que ele havia pedido exoneração por estar “profundamente dividido em meio à crise” e que não conseguia “impor sua autoridade”. O ministro, por sua vez, assegurou que a fake news teve apenas o intuito de “desestabilizar” a gestão federal.

Bolsonaro abordou o assunto logo no início de sua tradicional live pelas redes sociais e chamou a notícia de “fake news”.

– Primeira mão para vocês. Isso aqui é mentira. Eles tentam desestabilizar o governo o tempo todo. Uma notícia dessas por volta do meio dia mexe na Bolsa, mexe no dólar. Altera o preço do combustível. Causa inquietações no Brasil. Isso é fake news, não são aquelas pessoas que ficam na internet na hora de folga falando, opinando ou debatendo o que acham desse ou daquele assunto – destacou.

O presidente então disse que já convive com fake news há 10 anos.

– Vejo fake news 10 anos antes das eleições. Ou para ser mais preciso, desde 2010, quando descobri aquele kit gay. Nada contra os gays, mas querer ensinar certas coisas para crianças não dá para concordar. Bom, aqui está dizendo que o Queiroga pediu demissão. Pediu demissão, Queiroga? – indagou.

A fala de Bolsonaro terminou gerando risada entre os presentes.

Por: Pleno News

Postar um comentário

0 Comentários

Páginas