‘Estuprador vai para casa, e meu pai continua sem fazer exames’

 

A ex-deputada Cristiane Brasil, filha de Roberto Jefferson, comentou nesta quarta-feira (15) a emissão do habeas corpus que permite que João de Deus cumpra prisão domiciliar. Ele já foi condenado a mais de 60 anos de prisão e possui 15 denúncias por estupro de vulnerável.

Nas redes sociais, Cristiane Brasil disse que “um estuprador vai para a prisão domiciliar, e meu pai continua sem fazer os exames que podem garantir sua vida, porque o Xandão (sic) não quer tirar a tornozeleira eletrônica! É ou não é tortura?”.

Roberto Jefferson está preso desde o dia 13 de agosto por determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Aos 68 anos, Jefferson já passou mal na cela duas vezes, precisando de atendimento médico em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

A pedido da defesa do presidente do PTB, Moraes autorizou a transferência do ex-deputado para o hospital, com uma série de restrições, incluindo o uso da tornozeleira eletrônica.

Nesta terça-feira (14), por meio de Carta, Jefferson disse que está impedido de fazer alguns exames devido à obrigatoriedade do uso da tornozeleira.

Por: Pleno.News

Postar um comentário

0 Comentários

Páginas