Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Publicidade abaixo de destaque

Cantor é confundido com Lázaro e faz vídeo com apelo nas redes sociais

O Cantor maranhense Vinicius Borges, de 35 anos, morador de Sorriso (a 340 km de Cuiabá), onde está trabalhando há cerca de 40 dias, está se...



O Cantor maranhense Vinicius Borges, de 35 anos, morador de Sorriso (a 340 km de Cuiabá), onde está trabalhando há cerca de 40 dias, está sendo confundido com serial killer do Distrito Federal Lázaro Barbosa e fez um alerta após descobrir, por amigos, a existência montagens de fotos suas com o bandido - veja duas na matéria.

Segundo o cantor, a brincadeira mau gosto começou há cerca de cinco dias, quando conhecidos dele e da família começaram a compartilhar fotos o comparando com o foragido. "Bate aquele medo, porque não conheço ninguém. Até eu conseguir me apresentar e explicar que não sou esse marginal pode ser tarde", desabafa, temendo que a situação possa colocar sua vida em risco.

Vinicius relata ao RDNEWS que soube da situação após receber mensagens de pessoas de vários estados falando sobre a confusão. Diante da situação, ele publicou um vídeo nas redes sociais, nesta quinta (17), pedindo para que as pessoas parem de compará-lo com o suspeito - veja vídeo.

“Ninguém me conhece aqui. No Maranhão os riscos seriam mínimos, mas estou em outro estado. Peço, por favor, para não continuarem com essa brincadeira de mau gosto”, disse.

Diante da situação, o cantor explicou que não tem saído de casa, a não ser para o trabalho, e que está com medo de que as pessoas o confundam na rua.

“Estou em Sorriso há 40 dias trabalhando como auxiliar de armazém, pois tive que dar uma pausa como cantor devido à pandemia. Não tem tempo de olhar as redes, mas, nesta semana, quando peguei o celular, tinha mensagens de pessoas de vários estados falando que era para eu tomar cuidado”, contou.

Caso Lázaro

Lázaro ficou conhecido como serial killer do DF, por ser acusado de cometer pelo menos seis homicídios, sendo quatro pessoas de uma mesma família de Ceilândia, na região administrativa do Distrito Federal.

A força-tarefa, com mais de 200 policiais, está fazendo buscas por Lázaro há nove dias. A suspeita é que ele esteja fugindo por dentro de rios e matas da região.

Três helicópteros sobrevoam a região em busca do suspeito. Equipes especializadas das polícias Civil e Militar também estão por terra a procura do suspeito.

A área onde ocorre a operação está dentro do perímetro de 10 km delimitada pela polícia. A região abrange Cocalzinho de Goiás e os distritos de Edilândia e Girassol.

Por: RDNEWS

Nenhum comentário

Publicidade rodapé