Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Publicidade abaixo de destaque

O número de vagas nas agências do trabalhador voltou a subir nesta quarta-feira (7). São 855 oportunidades

Número de vagas de trabalho sobe mais de 32% em um dia Oportunidades em diversas profissões admitem candidatos com ou sem escolaridade ALLIN...


Número de vagas de trabalho sobe mais de 32% em um dia
Oportunidades em diversas profissões admitem candidatos com ou sem escolaridade

ALLINE MARTINS, DA AGÊNCIA BRASÍLIA * | EDIÇÃO: FÁBIO GÓIS

Interessados que atendam às exigências devem acessar o aplicativo Sine Fácil ou ir a uma das agências do trabalhador | 
O número de vagas nas agências do trabalhador voltou a subir nesta quarta-feira (7). São 855 oportunidades, 32,76% a mais do que ontem (segunda, 6), em um total de 59 profissões diferentes. Para concorrer a uma delas é preciso se enquadrar no perfil exigido, o que inclui nível de escolaridade e experiência profissional. Os salários podem chegar a R$ 3 mil, mais benefícios como alimentação e transporte.

Confira a lista com todas as vagas

A melhor remuneração é oferecida para supervisor de manutenção e reparação de veículos leves. Há apenas uma vaga e o candidato não precisa ter experiência. O contratante também não exige escolaridade. As agências do trabalhador encaminham três candidatos, por vaga, para que a empresa interessada tenha como avaliar o melhor perfil.

Outras áreas, porém, também estão com boa oferta de salário e oferecem maior número de vagas, como é o caso de técnico eletrônico de manutenção industrial, com espaço para contratar 35 pessoas ao salário mensal de R$ 2,5 mil, mais benefícios. Para concorrer a um dos postos é preciso ensino médio e experiência.


Com dez vagas abertas, outra área que paga este mesmo salário é a de administrador de pessoal. Os candidatos, porém, precisam ter ensino superior nas áreas de contabilidade, administração ou direito e experiência na área.

Mais 65 profissões exigem que o candidato curse ou tenha nível superior. Entre elas, 30 para estudante de marketing e propaganda, quatro para assistente de vendas, uma para assistente social, oito para estudante de informática (desenvolvedor de web), seis para estudante de engenharia de telecomunicação ou mecatrônica, quatro para enfermeiro, uma para médico e seis para universitários das áreas de análises de sistemas ou ciências da computação. Os salários chegam a R$ 2,1 mil, mais benefícios.

Primeiro passo

Profissionais com pouca experiência e baixa escolaridade também têm oportunidades. As profissões com maior número de vagas abertas são tratorista operador de roçadeira (52 vagas), vendedor pracista (30), agente de transporte (18, inclusive para pessoas com deficiência), padeiro (15), marceneiro (13) e motofretista (10). Nessas áreas os salários variam entre R$ 1.113,97 e R$ 2 mil, mais benefícios.

Quem tiver interesse em concorrer a qualquer uma das vagas basta procurar uma das agências do trabalhador, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Em razão da pandemia de Covid-19, 15 das 18 unidades estão em atendimento presencial. Estão fechadas, temporariamente, as agências do Paranoá, do Guará e da Câmara Legislativa. Outra possibilidade é o aplicativo Sine Fácil – que, em virtude da crise sanitária, também disponibiliza o serviço.

Empresas

Empreendedores que desejam buscar profissionais também podem utilizar os serviços das agências do trabalhador.

Além do cadastro de vagas é possível usar os espaços físicos para seleção dos candidatos encaminhados. Para isso, basta acessar o site da Secretaria do Trabalho e preencher o formulário na aba “Canal do Empregador”.

Por AGÊNCIA BRASÍLIA

Nenhum comentário

Publicidade rodapé