Page Nav

HIDE

“O PT está ao seu lado”, diz Gleisi a Kirchner após condenação

  A presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) Gleisi Hoffmann prestou apoio a Cristina Kirchner, vice-presidente da Argentina. Kirchner f...

 

A presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) Gleisi Hoffmann prestou apoio a Cristina Kirchner, vice-presidente da Argentina. Kirchner foi condenada, nesta terça-feira (6/12), a seis anos de prisão por corrupção e pode ficar inelegível.

Gleisi afirmou que Kirchner é “vítima de perseguição e politização do judiciário”. “O PT está ao seu lado, força, a verdade vencerá!”, escreveu a petista.

A vice-presidente é acusada de liderar um esquema de desvio de verbas públicas. A política argentina é investigada, desde 2019, por associação ilícita e fraude ao Estado, junto a outros 12 réus no caso – todos empresários e ex-funcionários do governo dela (2007-2015) e do marido e antecessor, Néstor Kirchner (2003-2007).

Kirchner não será presa, apesar da condenação, pois tem foro privilegiado. A vice-presidente pode recorrer da decisão da Justiça até que chegue à Corte Suprema de Justiça. Apoiadores de Kirchner tomaram as ruas na Argentina para protestar contra a decisão.