Page Nav

HIDE

Bolsonaro: “Igreja não se fecha nem em tempo de guerra”

O presidente Jair Bolsonaro criticou a decisão dos governadores e prefeitos que, durante a gestão da pandemia de Covid-19, fecharam as igrej...


O presidente Jair Bolsonaro criticou a decisão dos governadores e prefeitos que, durante a gestão da pandemia de Covid-19, fecharam as igrejas. Muitos deles são amigos ou aliados do candidato petista.

– Igreja não se fecha nem em tempo de guerra e você permitiu que os seus governadores fechassem igrejas, Lula. Que respeito você tem para com as religiões – reclamou Bolsonaro sobre a forma como tudo foi fechado mesmo contra a sua vontade.

A declaração surgiu no final do debate, quando o atual presidente listava os amigos de Lula como Daniel Ortega, Nicolás Maduro, Alberto Fernández, entre outros.

– É isso que nós queremos para o nosso Brasil? Colocar uma pessoa como essa, sem qualquer qualificação intelectual ou moral para administrar o nosso país? Ele quer voltar para a cena do crime e o povo não vai deixar isso acontecer – declarou.

Por: Pleno.news