Page Nav

HIDE

Barrado em SP, Sergio Moro não garante candidatura no Paraná

  O ex-ministro  Sergio Moro   (União Brasil) segue com a vida política indefinida para as eleições deste ano. Após ter a transferência de d...

 

O ex-ministro Sergio Moro (União Brasil) segue com a vida política indefinida para as eleições deste ano. Após ter a transferência de domicílio eleitoral para São Paulo negada pelo Tribunal Regional Eleitoral paulista, o ex-juiz ainda não decidiu se vai ou não disputar as eleições neste ano.

Em um pronunciamento no qual falou sobre sua situação política, Moro declarou que a definição sobre ser candidato ou não “vai ser tomada adiante”, junto com o União Brasil, partido ao qual está filiado atualmente, após ele percorrer as cidades paranaenses para “ouvir o povo”.

– Há muitos questionamentos se vou ser candidato a deputado, senador, governador. Mas, no fundo, meu objetivo primário é circular o Paraná e me reconectar com o povo paranaense. Essa decisão (da candidatura) vai ser tomada adiante, junto com o União Brasil – afirmou.

O ex-juiz da Lava Jato também falou sobre a situação política de sua esposa, Rosângela Moro, que permanece com domicílio eleitoral em São Paulo. A exemplo do que comentou sobre si, Moro afirmou que ela ainda vai tomar a decisão sobre a carreira política, mas destacou que Rosângela está pronta para representá-lo.

– Estou feliz de voltar ao Paraná. De todo modo, minha esposa permaneceu com domicílio em São Paulo e está pronta para me representar. No momento apropriado, ela vai tomar a decisão se vai ou não seguir uma carreira política – declarou.

A definição acerca do cargo que deve ser disputado por Moro acontecerá apenas após a divulgação de uma pesquisa do União Brasil que testa o nome do ex-juiz em três cenários: deputado federal, senador e governador. O último cargo, porém, é considerado pouco provável pelo fato de o União Brasil apoiar a reeleição de Ratinho Júnior (PSD).

Por: Pleno.News