Page Nav

HIDE

A partir de janeiro, Na Hora terá atendimentos itinerantes

  A partir de janeiro de 2022, os moradores de todas as regiões administrativas do Distrito Federal poderão contar com os atendimentos itine...

 

A partir de janeiro de 2022, os moradores de todas as regiões administrativas do Distrito Federal poderão contar com os atendimentos itinerantes do Na Hora Mais Perto do Cidadão. A unidade móvel que vai percorrer as cidades chegou nesta quinta-feira (23) à Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus).

“Na véspera de Natal, a população do DF ganha esse presente do Governo do Distrito Federal: a unidade móvel com todos os serviços disponíveis do Na Hora de forma presencial. Esse é um grande projeto que atenderá uma cidade por semana”, explica a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani.

Para executar o projeto, a Sejus adquiriu um caminhão tipo “cavalo mecânico” e um semirreboque adaptado com instalações, mobiliários e todos os equipamentos necessários, entre eles: computadores, impressoras, cadeiras, mesas, armários e itens de acessibilidade.

A carreta terá 14 postos de atendimento ao público, além de uma copa e banheiros. A unidade tem capacidade para realizar em média 400 atendimentos por ação.

A expectativa é atender todas as regiões e beneficiar principalmente os cidadãos em vulnerabilidade social, contribuindo para o resgate da cidadania e a inserção social do público atendido. A população terá acesso à prestação de diversos serviços disponíveis pelos 23 órgãos parceiros do Na Hora, como Polícia Civil, Neoenergia, Caesb, Detran e demais secretarias.

Modernização do Na Hora

O lançamento da carreta faz parte de uma série de ações do Governo do Distrito Federal para modernizar e melhorar a prestação dos serviços do Na Hora. Neste ano, foram reformadas as unidades da Rodoviária, Brazlândia e Sobradinho.

Além disso, foi lançado o programa Na Hora Cidades, que disponibiliza, em parceria com as administrações regionais, postos de autoatendimento para a população. O projeto já está em funcionamento em São Sebastião, Cidade Estrutural e Planaltina.

*Com informações da Secretaria de Justiça e Cidadania