Page Nav

HIDE

Lira diz que Bolsonaro ‘vai pagar’ se falar sem base científica

  O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, afirmou nesta segunda-feira (25) que o presidente Jair Bolsonaro irá “pagar” por ter re...

 

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, afirmou nesta segunda-feira (25) que o presidente Jair Bolsonaro irá “pagar” por ter relacionado vacinas contra Covid-19 à Aids, caso a fala dele não tenha base científica.

– Se não tiver nenhuma base científica para isso, ele vai pagar pela declaração – disse Lira em evento do setor sucroalcooleiro.

Na última de suas tradicionais lives de quinta-feira nas redes sociais, na semana passada, Bolsonaro divulgou uma notícia associando a vacina contra a Covid-19 à Aids, doença transmitida pelo vírus HIV. O episódio culminou na primeira exclusão de uma live de Bolsonaro por parte do Facebook. O Instagram também removeu o conteúdo.

Lira afirmou que esse é “mais um motivo para acelerar na Câmara o grupo que trata de gestão dos meios eletrônicos com relação a fake news”. O presidente da Câmara disse que se reuniu na semana passada com o relator do projeto de lei das fake news, deputado Orlando Silva, do PCdoB, e garantiu que voltará a tratar do assunto em breve.

Lira acredita que a proposta definirá “um regramento, principalmente nas bases de veículos de comunicação como Facebook, Instagram, Twitter, e todos os meios necessários para a contenção de matérias como essa”.

Na manhã desta segunda, Bolsonaro responsabilizou a imprensa pela notícia divulgada.

Por: Pleno.News