Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Jornalista pede emprego em semáforos e recusa dinheiro


Em Belo Horizonte (MG), um jornalista, que também é professor, ganhou destaque por usar um cartaz para pedir emprego nos semáforos da cidade. Em uma rede social, Eduardo Durães Júnior falou sobre a iniciativa.

– Hoje, minha vida imitou minha arte: estive nos semáforos na Raja Gabaglia, região oeste de BH; depois na Babita Camargos, Cidade Industrial, Contagem. Dividi minha história com o Jonh e o Guilherme, vendedores ambulantes – escreveu ele, no LinkedIn.

A publicação foi feita na última quarta-feira (4).

Eduardo tem mestrado em Estudos de Linguagem. Além da frase “Preciso de emprego”, seu cartaz exibe informações profissionais: “Sou jornalista, professor e tenho um mestrado. E também uma filha pra sustentar! Você pode me ajudar?”

Além do pedido de emprego, o jornalista distribuiu paçocas. Ele disse que se cansou de enviar currículos e não receber respostas.

– Fui dar visibilidade à minha luta: pedir um emprego de verdade, algo digno, um que pague um salário pelo trabalho que executo sempre com dedicação, empenho e esforço. Enviar currículo parece não resolver. Sequer respondem: ‘recebemos o documento’. Estar no LinkedIn, muito menos; ter instagram, facebook, tampouco. Na cidade industrial, foi melhor. Um sujeito, ao receber a paçoca, me ofereceu 5 reais: ‘É pra te ajudar’. Ri e recusei, dizendo que não estava ali pra pegar dinheiro. Outro ofereceu-me moedas – contou.

Ele pretende voltar aos semáforos.

– Foi uma experiência rica a que tive. O ator de pedir é difícil: pressupõe se despir de muitas coisas, talvez nossa soberba e vaidade. (…) Voltarei aos sinais em breve.

Por: Pleno News

Postar um comentário

0 Comentários

Páginas