Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Publicidade abaixo de destaque

Sikêra Jr vence PSOL na Justiça e comemora ao vivo: Assista!

O apresentador Sikera Jr. comemorou, durante o programa Alerta Nacional, mais uma vitória judicial, desta vez contra o PSOL (Partido Sociali...



O apresentador Sikera Jr. comemorou, durante o programa Alerta Nacional, mais uma vitória judicial, desta vez contra o PSOL (Partido Socialismo e Liberdade).

No dia 11 de maio, a juíza Geilza Fátima Cavalcanti Diniz, da 3ª Vara Cível de Brasília negou a causa ao partido, que além de Sikera Jr., também processou a Rede TV, o Google e o Jornal da Cidade Online.

Declarações do apresentador sobre o partido motivaram o processo. Na ocasião, Sikêra se referiu ao PSOL como um “bando de pedófilos” que querem “obrigar o ensino da ideologia de gênero nas escolas brasileiras”. Além disso, também disse que o partido tem “taras em crianças”, quer acabar com a “família brasileira”, trazer a “safadeza” para as escolas e determinar que os banheiros sejam unissex.

As falas foram ditas após a legenda ajuizar uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 5668) ao Supremo Tribunal Federal (STF) para obrigar as escolas de todo o país a coibir o “bullyng homofóbico”.

Alegando danos morais e exigindo reparação por parte do apresentador, da emissora, do Google e do Jornal da Cidade Online, que fez uma matéria sobre as falas de Sikêra, o PSOL exigiu o pagamento de R$ 40 mil.

Durante a tramitação do processo, a Rede TV chegou a um acordo com o partido e removeu o conteúdo do ar em suas redes sociais, enquanto o Google foi isentado de responsabilidade no caso pela juíza, que considerou a empresa como uma plataforma digital de replicação de conteúdos.

Na decisão final proferida sete meses após o caso, a juíza julgou improcedentes os pedidos formulados ao apresentador Sikêra Jr e ao Jornal da Cidade Online.

O apresentador comemorou durante o Alerta Nacional e aproveitou para fazer um desabafo. Confira o vídeo:

Por: Pleno news

Nenhum comentário

Publicidade rodapé