Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Publicidade abaixo de destaque

Mãe confessa que esquartejou bebê encontrado por cão

O bebê de 4 meses encontrado esquartejado no quintal de casa por um cachorro da raça pit-bull, em Sorriso, no Norte de Cuiabá, foi morto pel...



O bebê de 4 meses encontrado esquartejado no quintal de casa por um cachorro da raça pit-bull, em Sorriso, no Norte de Cuiabá, foi morto pela própria mãe. Ramira Gomes da Silva, de 22 anos, confessou que matou Bryan da Silva Otoni asfixiado com um travesseiro e, em seguida, desmembrou a criança na cozinha de casa. A intenção era facilitar a ocultação do cadáver.

Em depoimento, nesta segunda-feira (24), Ramira contou ao delegado que sufocou o filho enquanto ele dormia no carrinho de bebê. Ela disse que foi preciso pressionar o travesseiro por duas vezes para fazer a criança parar de respirar.

Após matar Bryan, ela pegou o corpo da criança, colocou dentro da pia da cozinha e cortou os braços e as pernas, para facilitar a ocultação do cadáver. Ela afirmou que colocou os membros do filho em duas latas vazias de bebida láctea, embalou em sacos plásticos e jogou no lixo.

Ramira afirmou que colocou o restante do corpo do filho em um buraco que havia cavado no quintal, e cobriu os restos mortais com um restante de terra que estava solta. Foi neste local que o cachorro farejou o corpo da criança, que já estava em estado avançado de decomposição.

Com a confissão, a Polícia Civil conseguiu concluir o inquérito e indiciou Ramira por homicídio qualificado e ocultação de cadáver. Ela será transferida para a Penitenciária Ana Maria do Couto May, em Cuiabá, no Mato Grosso do Sul.

Por: Pleno news

Nenhum comentário

Publicidade rodapé