Eduardo Pazuello presta depoimento na CPI da Pandemia; Ao vivo



O ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, por volta das 9h20 desta quarta-feira (19), iniciou seu depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia. A fala estava marcada inicialmente para o dia 5 de maio, mas o ex-gestor informou que teve contato com pessoas que contraíram Covid. Por conta disso, a presença dele foi adiada para esta quarta.

Entre os pontos que devem ser questionados pelos senadores no colegiado estão o colapso no sistema de saúde de Manaus (AM), a atuação da pasta na compra de vacinas e insumos durante sua gestão, além das orientações do Ministério da Saúde para produção, compra e uso de medicamentos como a hidroxicloroquina.


Ouvido na condição de testemunha, Pazuello se comprometerá a dizer a verdade, sob o risco de incorrer no crime de falso testemunho. O ex-ministro obteve no Supremo Tribunal Federal (STF) o direito de ficar em silêncio na CPI sempre que entender que as perguntas possam levá-lo à autoincriminação.

Até o momento, já prestaram depoimento os ex-ministros da Saúde Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich; o atual ministro, Marcelo Queiroga; o presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres; Fabio Wajngarten, ex-secretário de Comunicação do governo; Carlos Murillo, representante da Pfizer; e Ernesto Araújo, ex-ministro das Relações Exteriores.

Por: Pleno news

Postar um comentário

0 Comentários

Páginas