Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Publicidade abaixo de destaque

Corpo de enfermeira desaparecida é achado em plantação de eucalipto

A polícia encontrou o corpo da enfermeira Priscila Cardoso da Silva, de 35 anos, em uma plantação de eucaliptos no município de Ipaba, em Mi...




A polícia encontrou o corpo da enfermeira Priscila Cardoso da Silva, de 35 anos, em uma plantação de eucaliptos no município de Ipaba, em Minas Gerais, nesse sábado (20/3). O cadáver tinha uma marca de disparo de arma de fogo na testa.

A enfermeira foi dada como desaparecida no último dia 15, quando foi vista pela última vez saindo do posto de saúde onde trabalhava, em Santana do Paraíso (MG).

Uma câmera de segurança gravou o momento em que Priscila foi rendida por um homem aparentemente armado.



O carro da vítima foi encontrado por meio de sistema de rastreamento do veiculo em Teixeira de Freitas, na Bahia, a 516 km (por estrada) de onde Priscila foi vista pela última vez.

O suspeito do crime, de acordo com a polícia, tem 49 anos e foi preso em Guarapari, no Espírito Santo, na noite de sexta-feira (19/3). Ele foi encaminhado para Ipatinga (MG), onde teria confessado o crime e apontado a localização do corpo da vítima.

Na Bahia, o carro da enfermeira estava em processo de desmanche e um mecânico foi detido. O homem negou participação no crime.

A Prefeitura de Santana do Paraíso declarou luto oficial na cidade por três dias.

“A notícia da morte da nossa querida Priscila é uma dor irreparável para todos nós. A administração municipal desde o início acompanhou o trabalho das autoridades policiais para que o crime fosse elucidado”, diz nota da Prefeitura.

Por Metrópoles

Nenhum comentário

Publicidade rodapé