Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Publicidade abaixo de destaque

“As pessoas me chamam de nojenta”, diz mulher que deixa barba crescer

Aos 15 anos, a americana Klyde Warren, uma escritora do estado da Nebraska, resolveu se livrar da obrigação de aparar os pelos faciais e pas...




Aos 15 anos, a americana Klyde Warren, uma escritora do estado da Nebraska, resolveu se livrar da obrigação de aparar os pelos faciais e passou a cultivar uma barba no rosto como expressão natural de seu corpo.
Klyde, que atualmente tem 27 anos, garante que os pelos são sua característica favorita. Normalmente, casos como o dela são causados por distúrbios hormonais. Conhecida como hirsutismo,  condição faz com que as mulheres desenvolvam pelos grossos e escuros em locais como rosto, pescoço, tórax, barriga, parte inferior das costas, nádegas ou coxas.
“Tudo começou na escola. Eu tinha um bigode mais grosso do que o normal e, simplesmente, decidi aceitá-lo. Minha mãe não gostou nem um pouco e me disse para ‘colocar tudo sob controle’, mas não me importei e me recusei a fazer a barba”, contou em entrevista ao jornal inglês Daily Mail.

Klyde diz que recebe incontáveis provocações e até ofensas nos aplicativos de relacionamentos, mas aprendeu a se proteger, não deixando que a opinião dos outros abale sua confiança e autoestima. “As pessoas no Tinder me enviam mensagens dizendo que sou nojenta. Isso me incomoda no momento, mas passa”, disse.
“Eu só trabalho a minha autoconfiança, não há problema em ser um pouco diferente. Você precisa aprender a se sentir confortável em sua própria pele. O universo quis que eu fosse assim, então vou confiar”, ensina.

Fonte: Metrópoles

Nenhum comentário

Publicidade rodapé