Page Nav

HIDE

PF prende homem que destruiu relógio de dom João VI

  A Polícia Federal (PF) prendeu, nesta segunda-feira (23), o homem que aparece nas imagens do Palácio do Planalto no dia 8 de janeiro quebr...

 A Polícia Federal (PF) prendeu, nesta segunda-feira (23), o homem que aparece nas imagens do Palácio do Planalto no dia 8 de janeiro quebrando objetos importantes, como o relógio Balthazar Martinot, do século 17, presente de Luís XIV para dom João VI.


Identificado como Antônio Cláudio Alves Ferreira, 30 anos, o homem foi preso em Uberlândia (MG), após denúncias de pessoas próximas, como uma irmã e um vizinho.

Ferreira é morador da cidade de Catalão (GO), mas fugiu após ser identificado. O processo corre em sigilo de justiça e não há informações sobre quais os crimes ele será acusado.

A prisão do homem foi determinada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Assim que for transferido para o Distrito Federal, o preso passará pela audiência de custódia, como garante o governo federal.

O que se sabe sobre o preso é que ele já foi processado. Em 2014, Antônio Ferreira foi preso por ameaça e, em 2017, por tráfico de drogas.

Por: Pleno.News