Page Nav

HIDE

Atos no DF: Soraya consegue assinaturas para instaurar CPI

  A senadora Soraya Thronicke (União Brasil-MS) disse, na tarde desta segunda-feira (9), que conseguiu 31 assinaturas para o pedido de insta...

 

A senadora Soraya Thronicke (União Brasil-MS) disse, na tarde desta segunda-feira (9), que conseguiu 31 assinaturas para o pedido de instaurar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). O objetivo é apurar as manifestações que aconteceram em Brasília, no domingo (8).

– Alcançamos agora um número maior do que o necessário para a abertura da CPI dos Atos Antidemocráticos no Senado Federal. Agradeço a todos os colegas que apoiaram a iniciativa. A democracia é sagrada! Muitos percebem somente depois que a perdem. No nosso Brasil ela sobreviverá – escreveu a senadora, no Twitter.

Até o fim da noite de domingo, Thronicke já tinha conseguido assinaturas dos senadores Randolfe Rodrigues (Rede-AP), líder do governo no Congresso; Humberto Costa (PT-PE); Eliziane Gama (Cidadania-MA) e Kátia Abreu (PP-TO). E no início desta segunda-feira, o pedido de abertura para a CPI já tinha 20 das 27 assinaturas necessárias.

No pedido enviado, Soraya disse ser preciso apurar a responsabilidade pelos “atos antidemocráticos e terroristas”, eventuais omissões cometidas por administradores públicos federais, estaduais e municipais, no controle da segurança entre 7 e 8 de janeiro de 2023 e a existência de financiadores e difusores deste e outros “movimentos antidemocráticos e terroristas”.

– Em razão da gravidade dos fatos, sobretudo sob a ótica da violação ao Estado Democrático de Direito, tais ilícitos não podem passar ilesos ao controle do Poder Legislativo, pelo que peço o apoio dos Senadores para a instalação urgente de uma Comissão Parlamentar de Inquérito – escreveu a senadora, no pedido.

Por: Pleno.News