Page Nav

HIDE

Murilo Huff diz que se sente 'perdido' com morte de Marília Mendonça

  Após breve manifestação sobre a morte de Marília Mendonça (1995, 2021) na manhã deste sábado (6), Murilo Huff, 26, voltou às redes sociais...

 

Após breve manifestação sobre a morte de Marília Mendonça (1995, 2021) na manhã deste sábado (6), Murilo Huff, 26, voltou às redes sociais após o enterro da artista para relembrar a relação com a cantora, que morreu nesta sexta-feira (5), vítima de um acidente aéreo.

Sigo aqui, ainda sem palavras, mas já vi que isso não vai passar. Não tão cedo. Você foi sem avisar e deixou um buraco dentro de mim. Um buraco que ninguém nunca vai conseguir tapar", começou o cantor e compositor, que em seguida falou do filho que teve com Marília, Léo, de quase dois anos.

"Talvez esse pequenininho correndo aqui na sala me ajude a enfrentar sua falta. Ou talvez ele me faça sentir mais falta ainda, porque ele é sua cara. Eu não sei. Eu tô perdido. Mas te prometo que vou encontrar o caminho e vou cuidar dele, com todas as minhas forças", garantiu o cantor, conforme pedido feito por ela, "na última mensagem, antes de entrar naquele avião.

No desabafo, que se assemelha a uma carta para a artista, Huff se compromete a cuidar não apenas do filho, mas também da mãe dela, Ruth Moreira, do irmão, João Gustavo, e até mesmo do padrasto Deyvid Fabrício . "Eu juro que queria ter agora pelo menos 1% da força que você sempre teve. Pra poder aguentar essa dor", lamentou.

Ele finalizou agradecendo à Marília por tudo que viveram juntos nos quase quatro anos em que se conheciam e relacionaram e também declarando o carinho que sentia pela cantora. "Muito obrigado por sempre ter acreditado e respeitado o meu sonho. Muito obrigado por ter me amado. Muito obrigado por ter deixado eu te amar. Eu vou te amar pra sempre sua teimosa", finalizou.

O artista compartilhou ainda diversas fotos ao lado da cantora tanto na postagem quanto no Instagram Stories. Além disso, ele homenageou também outras duas vítimas do acidente: o produtor musical, Henrique Ribeiro e o tio da sertaneja, Abicieli Silveira Dias Filho.

A relação entre Marília e Huff foi marcada por idas e vindas, mas também por respeito e amizade. Em julho de 2020, quando o casal anunciou a primeira separação, a cantora negou boatos de traição e elogiou o ex-companheiro. "Ele é um cara muito respeitador, tenho muito orgulho de ter meu filho com ele. Ele é do bem, lutador, batalhador, de família", escreveu ela, nas redes sociais, na ocasião.

No mesmo dia, Huff também se pronunciou: "Eu e a Marília estamos bem um com o outro", escreveu. "Nós sempre nos respeitamos muito e eu tenho muito orgulho dela, de ter tido e criado um vínculo eterno com ela, que é o nosso filho", acrescentou. "Sou extremamente grato por cada minuto da vida que ela compartilhou comigo durante esses anos. O respeito vai continuar pra sempre entre nós."

O casal reatou o relacionamento em novembro do mesmo ano, mas se separou novamente. Em setembro, após confirmar novo rompimento, a sertaneja pediu respeito e voltou a dizer que havia sido muito feliz com Huff.

"Atrás de dois cantores, existem três vidas. Lembrem-se disso. Se tem uma história verdadeira é que a gente foi muito feliz e tentou de tudo, demos nosso máximo. E isso é honroso. Agora sigamos em paz. Sou muito grata a esse relacionamento por tudo", escreveu.

"Respeitem as pessoas. Respeitem os finais. Respeitem os motivos. Apenas isso! Respeitem como você gostaria de ser respeitado", concluiu ela.

Marília, conhecida como a rainha da sofrência e uma das maiores vozes da música brasileira contemporânea, morreu aos 26 anos na tarde desta sexta-feira. A informação foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros de Minas Gerais em nota enviada à imprensa.

A cantora foi uma das cinco vítimas de um acidente de avião que caiu numa serra em Piedade de Caratinga, a 309 quilômetros de Belo Horizonte. A artista tinha um show marcado para a data em Caratinga, a cerca de dez quilômetros do local do acidente.

A queda ocorreu por volta das 15h. A princípio, não se sabia se era a cantora quem estava a bordo da aeronave. Foi a semelhança do bimotor visto num vídeo que ela tinha compartilhado no Instagram duas horas antes que despertou a dúvida. Em tom cômico, a publicação mostrava Mendonça embarcando e se alimentando.

Além de Marília, Henrique e Abicieli também morreram no acidente aéreo o piloto Geraldo Martins de Medeiros e o copiloto Tarcísio Pessoa Viana.

POR FOLHAPRESS

Um comentário

  1. A morte da Marilia foi muito triste! Não.conhecia pessoalme te mas doeu muito!Tinha uma vida pela frente e um.filho.para criar. Deus conforte a familia!

    ResponderExcluir