Page Nav

HIDE

“Gatinha da Cracolândia” vira ré por tráfico de drogas

  Conhecida como a “Gatinha da Cracolândia”, Lorraine Bauer Romeiro, de 19 anos, virou ré após a Justiça de São Paulo aceitar três denúncias...

 

Conhecida como a “Gatinha da Cracolândia”, Lorraine Bauer Romeiro, de 19 anos, virou ré após a Justiça de São Paulo aceitar três denúncias do Ministério Público (MP) contra ela: duas por tráfico de drogas e uma por organização criminosa.

Segundo a defesa da ré, a primeira audiência está marcada para as 13h de sexta-feira (19), no Fórum Criminal da Barra Funda, Zona Oeste da capital, e será conduzida pela juíza Erika Fernandes, por videoconferência.

Lorraine e seu namorado, André Luís Santos Almeida, também conhecido como “China”, foram presos em Barueri (SP), em julho deste ano, como parte da Operação Caronte. Na casa onde foram detidos, os agentes encontraram mais de 400 porções de crack, cocaína, maconha e ecstasy, além de cerca de 100 frascos de lança-perfume.

– O flagrante de tráfico foi forjado. Ela contou ainda que foi ameaçada e coagida pelos policiais que cumpriam um mandado de prisão; que foram truculentos quando retiraram a filha dela que estava no colo. Minha cliente conta que foi ameaçada todo o tempo. Pediram a senha do celular dela, acessaram as redes sociais, viram as fotos, tiravam sarro. Os policiais chamaram a mídia quando viram as fotos e o número de seguidores nas redes sociais – disse a advogada de Lorraine, Patrícia Carvalho, ao portal G1.

Conforme a denúncia do MP, a vida de luxo que a influenciadora digital exibia nas redes sociais é uma das provas de que ela era sustentada pelo tráfico. Nas redes, Lorraine se apresentava como Lo Bauer e tinha mais de 50 mil seguidores.

Atualmente ela cumpre prisão preventiva na Penitenciária Feminina de Franco da Rocha, na região metropolitana.

Por: Pleno.News