Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Publicidade abaixo de destaque

Defensoria Pública pede proteção física e mental a Lazaro em caso de prisão

A Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) enviou na última sexta-feira (18) um pedido à Vara de Execuções Penais (VEP) solicitando que...



A Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) enviou na última sexta-feira (18) um pedido à Vara de Execuções Penais (VEP) solicitando que o serial killer Lázaro Barbosa de Sousa, de 32 anos, seja protegido após uma eventual prisão.

Procurado há 14 dias, o maníaco sexual e assassino segue foragido em uma mata no interior de Goiás. Caso seja capturado, o órgão pede que tenha assegurada a preservação dele “em face de ataques midiáticos e dos pedidos de entrevistas exclusivas ou outro tipo de promoção que o exponha ainda mais”.

No documento, a defensora argumenta que o caso ganhou “enorme repercussão nacional” e, por conta disso, deve ser garantida a “proteção da integridade física e psíquica do assistido, com a alocação deste em instalações seguras, se possível, sem ter que dividir cela com outros internos do estabelecimento prisional em caso de sua recaptura com vida”.

A defesa ainda critica o “sensacionalismo exacerbado” em torno do caso, bem como a “proliferação de memes nas redes sociais” sobre o marginal.

Posteriormente, em nota, a DPDF que esse é “um pedido comum, em casos dessa natureza, tendo por objetivo a garantia do cumprimento da legislação vigente após a eventual captura de Lázaro”.

Fonte: Conexão Politica

2 comentários

  1. Se fosse um cidadão de bem não teria essas regalias 🤔

    ResponderExcluir
  2. Coitadinho, estou com peninha dele. Deve ser eleitor do Lula, porisso toda proteção.

    ResponderExcluir

Publicidade rodapé