Passageiros são obrigados a pular de paraquedas para se salvar



Dois aviões de pequeno porte colidiram no ar na região de Denver, cidade localizada no Estado do Colorado, nos Estados Unidos, na manhã da última quarta-feira (12). Nenhuma pessoa morreu ou se feriu no acidente, é o que informa a matéria do Portal R7.

Destroços de uma das aeronaves, um Cirrus SR-22, foram encontrados no reservatório de Cherry Creek, e as duas pessoas que estavam a bordo dele conseguiram se salvar pulando de paraquedas.

A outra aeronave, um jato Metroliner da Key Lime Air, conseguiu pousar no Aeroporto Contennial, que fica próximo ao local da colisão. Imagens mostram que o jato ficou muito danificado por conta do choque ocorrido no ar, mas a única pessoa que estava a bordo, o piloto, não teve nenhum ferimento.

Áudios divulgados revelaram que pouco antes do acidente acontecer o controle de tráfego aéreo perguntava ao piloto do Cirrus SR22 se ele estava precisando de algum tipo de auxílio. Alguns segundos depois, os controladores informaram que estavam enviando veículos de emergência na direção da aeronave.

Moradores e pessoas que trabalham na região disseram à rede de televisão norte-americana CBS News que ficaram muito assustados ao ver a cena dos aviões colidindo e que não sabiam o que fazer. Uma das pessoas afirmou que foi um milagre as aeronaves não terem caído sobre casas que estão localizadas na região.

O Conselho Nacional de Segurança nos Transportes está liderando as investigações sobre o acidente junto à Administração Federal de Aviação dos EUA, e revelou em comunicado divulgado na quinta-feira (13) que ainda está colhendo informações a respeito da colisão.

“Estamos trabalhando para entender como e por que esses aviões colidiram. Foi muita sorte ninguém ter ficado ferido nesta colisão”, afirmou John Brannen, investigador do Conselho Nacional de Segurança nos Transportes dos EUA e responsável pela investigação do acidente.

Informações Portal R7.

Postar um comentário

0 Comentários

Páginas