Page Nav

HIDE

Em 2013, Randolfe afirmou ter levado soco de Jair Bolsonaro

Durante conversa com o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO), divulgada nesta segunda-feira (12), o presidente Jair Bolsonaro falou em “sair n...



Durante conversa com o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO), divulgada nesta segunda-feira (12), o presidente Jair Bolsonaro falou em “sair na porrada” com o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). Após a divulgação, o parlamentar rebateu dizendo que não tinha mais idade para “briga de rua”. No entanto, não foi a primeira vez que os dois tiveram em atritos.

Em 2013, Randolfe afirmou que chegou a levar um soco de Bolsonaro durante uma discussão entre os dois. O fato ocorreu em novembro de 2013.

Na ocasião, integrantes da Comissão da Verdade fizeram uma visita ao prédio do antigo DOI-Codi, no Rio de Janeiro.

Presidente Jair Bolsonaro discutiu com Randolfe Rodrigues Foto: Reprodução

De acordo com Randolfe, Bolsonaro teria se irritado por ser impedido de participar da visita, já que ele não fazia parte da Comissão. O senador contou, então, que Bolsonaro deu um soco em sua barriga.

– Dissemos para o Bolsonaro que ele não podia entrar, e que não era bem-vindo. Ele disse: ‘Olha só quem quer me impedir de entrar no meu quartel!’. Falei: ‘O senhor não integra esta comissão e não tem nada a ver com essa visita’. Ele me chamou de ‘moleque’, abaixou e deu um soco por baixo, no meu estômago. Depois do soco, eu empurrei ele, ele me empurrou e me chamou de ‘vagabundo’. Eu disse que o ‘cara de pau’ é ele, que não deveria estar lá – contou o senador na época.

Bolsonaro, no entanto, negou qualquer tipo de agressão.

Por: Pleno news