Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Publicidade abaixo de destaque

Governo Federal dá 15 dias para operadoras explicarem vazamento de dados

O Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor, do Ministério da Justiça, notificou as operadoras Claro, Oi, Tim e Vivo e cobrou esclarec...




O Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor, do Ministério da Justiça, notificou as operadoras Claro, Oi, Tim e Vivo e cobrou esclarecimentos sobre o vazamento de dados de 103 milhões de celulares. O prazo para resposta é de 15 dias, informou o Jornal Nacional.

A intenção é identificar quem teve os dados acessados neste mês, quais informações foram obtidas e de que forma foram vazadas.

A Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), órgão responsável por fiscalizar e editar normas previstas na Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), disse na semana passada que está apurando o vazamento dos dados.

Um vazamento de dados na internet expôs mais de 100 milhões de contas de celular neste mês de fevereiro, segundo o dfndr lab, da empresa de cibersegurança PSafe. Entre as informações vazadas estão o número de celular do presidente Jair Bolsonaro e da apresentadora Fátima Bernardes.

Um comentário

Publicidade rodapé